Terça-feira, 16 de Abril de 2024 Fazer o Login

Tatuagem: estilo realismo ganha cada vez mais adeptos

sex, 6 de dezembro de 2013 19:46
Neneco considerado um dos  grandes talentos do realismo do país. Foto: Divulgação

Neneco considerado um dos
grandes talentos do realismo do país. Foto: Divulgação

ADRIANO SOUZA – Tudo indica que a prática de marcar o corpo é tão antiga quanto a própria humanidade. Mas, como é impossível encontrar corpos de eras remotas com a pele preservada, temos de nos basear em amostras mais recentes. É o caso de múmias egípcias do sexo feminino, como a de Amunet, que teria vivido entre 2160 e 1994 A.C. e apresenta traços e pontos inscritos na região abdominal – indício de que a tatuagem, no Egito Antigo, poderia estar relacionada a cultos relativos à fertilidade. Mesmo com tantas incertezas, os estudiosos concordam que, nos primórdios da humanidade, a tatuagem deve ter surgido na busca de tentar preservar a pintura do corpo.

Com o tempo, a tatuagem foi utilizada para representar outros fatos da vida, como transformar-se em guerreiro, sacerdote, rei, identificar os prisioneiros, casar-se, assim também como os fatos da vida biológica, puberdade, reprodução, morte etc. O registro mais antigo de uma pessoa com tatuagem foi o famoso caso do Homem do Gelo. Múmia encontrada em 1991, nos Alpes, que possuía cerca de 5.300 anos. Pesquisadores acreditam que o corpo possuía vestígios de tatuagens, pois tinha marcas na forma de traços azuis. Não há certeza, pois as marcas também podiam ser cicatrizes de algum tratamento medicinal adotado pelos povos da Idade da Pedra.

A cada dia a tatuagem vem rompendo as barreiras do preconceito principalmente depois que artistas, músicos e pessoas famosas passaram a utilizá-la, dando uma nova imagem ao que virou símbolo de ousadia e personalidade.

Atualmente, milhares de adeptos principalmente pelo estilo realismo, criado há quase seis anos, com traços perfeitos, têm procurado devido a sua perfeição. A reportagem da Gazeta do Triângulo visitou o Studio de tatuagem em Araguari, que desenvolve essa técnica do realismo que é referência na região. O tatuador Neneco, considerado um dos grandes talentos do realismo do país, a ponto de ministrar workshops em todos os estados e premiado em diversas categorias, falou sobre esse estilo que segundo ele surpreende.

“O realismo tem como característica muito sombreamento, e seus traços são complexos. Na maioria das vezes ultiliza-se vários tons de tinta misturando várias tonalidades de cor. O desenho realista é muito usado para aqueles que querem tatuar fotos e figuras humanas com nitidez e muita exatidão. Para quem deseja fazer sua primeira tatuagem, antes de tudo, até mesmo da escolha do desenho que deve significar algo para a pessoa, é preciso escolher um bom profissional e estar atento à higienização do ambiente. Além da utilização de material descartável e de qualidade é preciso cuidar do curativo e da limpeza do local tatuado evitando assim infecções e bactérias que podem ter consequências mais graves à saúde evitando o uso de produtos químicos,  e cuidados durante o período de cicatrização” destacou o tatuador Neneco que atrai um considerado número de clientes.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: