Segunda-feira, 20 de Maio de 2024 Fazer o Login

Estudantes apresentam trabalhos sobre o turismo de Uberlândia

qui, 5 de dezembro de 2013 21:56
!O prefeito Gilmar Machado parabenizou toda a equipe da SMDET e os alunos participantes. Foto: Daniel Nunes/SECOM/PMU

!O prefeito Gilmar Machado parabenizou toda a equipe da SMDET e os alunos participantes. Foto: Daniel Nunes/SECOM/PMU

DA REDAÇÃO – Na última terça-feira (2), cerca de 650 alunos de 14 escolas públicas visitaram a Feira das Profissões do Turismo para conhecerem os trabalhos feitos pelas 21 escolas participantes, após um semestre de pesquisa em diversos segmentos do turismo em Uberlândia. O evento selou a última etapa do projeto Educatur, promovido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SMDET), em parceria com a Secretaria Municipal de Educação.

O evento propôs uma mostra das profissões relacionadas ao turismo da cidade e projetos elaborados pelos alunos. Em um só espaço, os alunos interagiram e trocaram experiências entre participantes do projeto e profissionais que trabalham na indústria do turismo. Cada escola foi representada por cinco alunos do 9º ano do Ensino Fundamental da rede municipal e dois professores.

Uma equipe formada por 26 avaliadores analisou os trabalhos expostos e os julgaram, levando em conta os critérios do regulamento. Posteriormente, foram divulgados os três melhores trabalhos e também o projeto revelação. A Escola Municipal Antonino Martins Silva conquistou o primeiro lugar com o trabalho “Turismo, Cultura e Tradição no Distrito de Martinésia”. Em segundo lugar, o grupo “Negócios e Eventos”, da Escola Municipal Otávio Batista Coelho Filho e, em seguida, a Escola Municipal Gladsen Guerra, com o trabalho “Turismo Cidadão”. O grupo “Frutos do Cerrado”, da Escola Municipal Leandro José de Oliveira ganhou o prêmio Revelação.

A turma de alunos da Escola Municipal Otávio Batista Coelho Filho, segunda colocada na feira, estudou a vocação de Uberlândia para o turismo de negócios. “Não sabíamos que a vinda de pessoas à cidade para fazer negócios era considerado um tipo de turismo. Mais surpresos ficamos ao saber que Uberlândia tem grande vocação para isso”, explicou o estudante Igor Fernandes que, juntamente com seu grupo, visitou vários espaços na cidade para a realização de eventos de negócios.

Os projetos apresentados estavam divididos nos eixos: Negócios e Eventos; Cultura; Esportes e Lazer; Ética, Cidadania e Meio Ambiente. Ao todo, foram avaliados pela comissão 27 trabalhos.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: