Segunda-feira, 20 de Maio de 2024 Fazer o Login

Dengue: Araguari registra 5607 casos prováveis da doença neste ano

sex, 5 de abril de 2024 08:04

Da Redação

 

No dia 1º, a Secretaria de Estado de Saúde publicou um Boletim Epidemiológico de Monitoramento dos casos de dengue, chikungunya e zika. De acordo com as informações, até esse dia foram registrados 833.252 casos prováveis (casos notificados fora os descartados) de dengue, sendo que 321.587 casos foram confirmados para a doença. Até o momento, há 152 óbitos confirmados por dengue no estado e 541 estão sendo investigados. Ou seja, o Estado registra uma morte pela doença a cada 14 horas. Além disso, superou o número de casos de todo o ano de 2023, com uma média de 3,6 mil diagnósticos diários.

Com relação à chikungunya, foram apontados 72.084 casos prováveis, sendo 47.312 confirmados. Até o momento, 28 óbitos foram confirmados por chikungunya no estado e 28 estão em investigação.

No próximo sábado acontece o mutirão
Divulgação

 

No que se refere à zika, foram registrados 154 casos prováveis e 15 foram confirmados. Não há óbitos confirmados ou investigação por zika em Minas Gerais.

Ainda, conforme a Secretaria de Estado de Saúde, em Araguari, até o dia 1º foram registrados 5607 casos prováveis dengue e 887 de chikungunya. Até o momento, não há nenhum óbito confirmado para essas doenças no município.

Para evitar a disseminação do mosquito Aedes aegypti é necessário realizar algumas ações, dentre elas estão: verificar se a caixa d’água está bem tampada; deixar as lixeiras bem tampadas; colocar areia nos pratos de plantas; recolher e acondicionar o lixo do quintal; limpar as calhas; cobrir piscinas; tapar os ralos e baixar as tampas dos vasos sanitários; limpar a bandeja externa da geladeira; limpar e guardar as vasilhas dos bichos de estimação; limpar a bandeja coletora de água do ar-condicionado; cobrir bem a cisterna; cobrir bem todos os reservatórios de água; usar repelente contra o mosquito; em ambientes internos, ligar o ar condicionado, ou usar telas de proteção em portas e janelas.

Ontem, 4, a reportagem da Gazeta conversou com a coordenadora do departamento de Zoonoses de Araguari, Maria de Fátima, para saber quais ações estão sendo realizadas para evitar a disseminação da doença no

município. “Estamos trabalhando intensamente. No sábado, 6, faremos uma ação de mutirão nos bairros Millenium e Aeroporto. Serão realizados os seguintes trabalhos: recolhimento de inservíveis; limpeza de entulhos nos terrenos baldios; blitz educativa, panfletagem nas residências”, explicou.

1 Comentário

  1. Junaum disse:

    VOU DIZER MAIS UMA VEZ

    tem um criadouro enorme na rua Hildebrando Rodrigues Barbosa, perto da av Brasil.

    ALÉM DO MAIS

    Tem um matagal que a secretaria de serviços urbanos disse que resolveria até fevereiro, JÁ ESTAMOS EM ABRIL

Deixe seu comentário: