Terça-feira, 16 de Abril de 2024 Fazer o Login

Coluna: Direito e Justiça (03/08)

qui, 3 de agosto de 2023 08:09

Direito e Justiça:
Neuróbica:
•A matéria foi publicada na Coluna DJ há muitos anos.
•Foi o resultado de uma pesquisa feita pelo meu filho Rodrigo.
•Além de ser interessante, republico-a como homenagem a ele.
•Há, como se vê nos meus comentários, uns pingos de ironia.
•Todavia, é bom frisar: eu acredito na utilidade da neuróbica.
Trocar de mão para escovar os dentes é bom para o cérebro.
O simples gesto de trocar de mão para escovar os dentes, contrariando a rotina e obrigando à estimulação do cérebro, é uma nova técnica para melhorar a concentração, treinando a criatividade e inteligência e, assim, realizando um exercício de Neuróbica.
Uma descoberta dentro da neuróbica vem revelar que o cérebro mantém a capacidade extraordinária de crescer e mudar o padrão de suas conexões.
Os autores dessa descoberta, Lawrence Katz e Mammimg Rubin (2.000), revelam que, Neuróbica, a “aeróbica dos neurônios”, é uma nova forma de exercício cerebral, projetada para manter o cérebro ágil e saudável, criando novos e diferentes padrões de atividades dos neurônios em seu cérebro.
Cerca de 80% do nosso dia-a-dia é ocupado por rotinas, que, apesar de terem a vantagem de reduzir o esforço intelectual, escondem um efeito perverso: limitam o cérebro. Para contrariar essa tendência, é necessário praticar exercícios “cerebrais”, que fazem as pessoas pensarem somente no que estão fazendo, concentrando-se na tarefa.
O desafio da Neuróbica é fazer tudo aquilo que contraria as rotinas, obrigando o cérebro a um trabalho adicional. Exemplos de exercícios:
•usar o relógio de pulso no braço direito;
•escovar os dentes com a mão contrária à de costume;
•andar em casa de trás para frente;
•vestir-se de olhos fechados;
•estimular o paladar, comendo coisas diferentes;
•ver fotos de cabeça para baixo;
•ver as horas num espelho;
•fazer um novo caminho para ir ao trabalho;
•trocar o mouse de lado.
  A proposta é mudar o comportamento rotineiro. Tente, faça alguma coisa diferente com seu outro lado e estimule o cérebro.
Obtido em “http://pt.wikipedia.org/wiki/Neur%C3%B3bica.
FONTE:Google e Wikipédia, a enciclopédia livre.
CATEGORIA:Neurociência.
PESQUISA:Rodrigo Cardoso Fernal.(in memoriam)
Comentários pessoais:
Confesso minha inteira ignorância (até agora) acerca desse (esquisito) assunto: a Neuróbica. Todavia, à minha própria maneira, eu já vinha praticando inúmeros exercícios neuróbicos, saindo da rotina das pessoas tidas como “normais”, os destros, até mesmo porque nasci, sempre fui e continuo sendo sinistro, (não se assustem), sendo simplesmente canhoto …
Como brasileiro é brasileiro, é bom deixar (também) claro que a saída da rotina, a fim de praticar exercícios neuróticos saudáveis para o cérebro e os seus preciosos neurônios, não prevê, não autoriza e não admite ilicitudes ou imprudências, quase sempre arriscadas e ilegais, tais como:
•ciclista andar na contramão direcional;
•Motoqueiro ficar ziguezagueando entre os carros;
•motorista buzinar com trânsito livre e não dar seta;
•pedestre atravessar fora das faixas.
  Ademais, tenham-se ainda como lembretes:
•usar o relógio no braço esquerdo, se for canhoto;
•andar com os olhos fechados de trás para frente devagar e parar, quando bater em alguma coisa ou machucar a si ou alguém;
•vestir-se e desvestir-se, também de olhos fechados, trocando as peças e saindo com elas;
•estimular o paladar, comendo jiló, asas, pés e pescoço do frango;
•ver as fotos de cabeça para baixo…; as fotos, e não você, é que devem ficar de cabeça para baixo, pois aí também já é demais;
•ver as horas num espelho, … se não tiver nenhum compromisso importante, cuja perda por atraso possa custar-lhe bem caro;
•fazer um novo caminho para o trabalho, …, mas cuidado com o chefe, pois ele poderá ser um dos tantos e completos ignorantes dessa maravilha  que é a Neuróbica, … e, aí, bye, bye, emprego …
P. S.: Bem (ou mal), saí da minha ROTINA nesta Coluna;NEUROBIQUEI …
P. S. (03.08.2023): No google e na Wikipédia há material interessante sobre este assunto. Mas, falando sério, o que é mesmo neuróbica? Curto e grosso neuróbica é a “aeróbica dos neurônios”. Trata-se de uma nova forma de exercício cerebral, projetada para manter o cérebro ágil e saudável, criando novos e diferentes padrões de atividades dos neurônios em seu cérebro. Em resumo, consiste em desenvolver o equilíbrio e o uso pleno do cérebro Finalmente, digo eu: serve para acabar com essa afirmativa de que nós usamos somente 10% da   nossa capacidade cerebral. Se é verdade, vamos tratar de utilizar os outros 90%. Não é assim…?.

1 Comentário

  1. Eliane disse:

    É bom inverter os hábitos para estimular uma outra parte do cérebro. Minha mãe disse que lembra de uma mulher que via o jornal de cabeça para baixo, aí ela dizia: as coisas estão tão feias em tal lugar que até os carros estão andando de cabeça para baixo, só que ela fazia uso de uma substância alucinógena que décadas atrás era normal fazer comprimidos disso, ela conversava era batendo a cabeça e o marido dela era médico, ali pelos anos Vinte, Trinta, Quarenta, Cinquenta era normal esse tipo de remédio. Nada haver com a esposa do médico. Devemos praticar para ativar as outras partes do cérebro e até as partes do corpo que usamos menos tipo o braço esquerdo e não pesarmos o corpo só de um lado.

Deixe seu comentário: