Quinta-feira, 08 de Fevereiro de 2024 Fazer o Login

Administração da UPA 24h é assumida pela Associação Beneficente Amigos do Hospital

qui, 8 de fevereiro de 2024 09:16

Da Redação

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) engloba a rede de assistência municipal à saúde, constituindo “Porta de Entrada” às ações e aos serviços de urgência e emergência. O Serviço de Pronto Atendimento está destinado ao atendimento dos casos de urgência/ emergência médica de pacientes das Unidades de Saúde da Atenção Primária e Especializada, do Corpo de Bombeiros ou Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e a demanda espontânea (não agendada), 24 horas por dia, todos os dias da semana. A unidade pratica o acolhimento do usuário por classificação de risco, e não por ordem de chegada, de acordo com a orientação do Programa Nacional de Humanização.

No dia 6, a organização social, Associação Beneficente Amigos do Hospital – ABAH, assumiu a administração da

UPA 24h, após uma transição tranquila. Ressalta-se que, a lotação dentro da unidade encontra-se mais equilibrada.

O grupo ABAH é uma organização social sem fins lucrativos, dedicada à saúde em todo o Brasil. A organização tem como missão garantir um acesso singular à saúde, tanto pública quanto privada. A organização social conta com uma equipe especializada e profissionais altamente qualificados, prontos para realizar projetos e instalações de vanguarda.

Com tecnologia de ponta e uma grande estrutura de atendimento médico para transformar a saúde e o bem-estar da população; realiza atendimentos no Hospital e Maternidade Renascer – Prata-MG, na UPA Mansões Odisséia – Águas Lindas de Goiás-GO, no Hospital Municipal Bom Jesus – Águas Lindas de Goiás-GO.

Segundo a prefeitura, todo trabalho foi monitorado pela equipe técnica da Secretaria de Saúde, assegurando o atendimento à população e a transferência de informações de uma organização social para outra.

A ABAH ganhou em primeiro lugar a Dispensa de Licitação, realizada para contratação de organização social para gestão da UPA, por um período de doze meses ou até que se conclua a chamada pública que está em andamento.

Conforme a prefeitura, o novo contrato prevê um gasto de R$21.729.744,00 por ano; com compromisso de realizar, no mínimo, 6.750 atendimentos médicos por mês, além de outras metas. Também será fiscalizado por Comissão de

Acompanhamento do Contrato, definida pela Secretaria de Saúde.

2 Comentários

Deixe seu comentário: