Terça-feira, 16 de Abril de 2024 Fazer o Login

Transporte público volta a funcionar em Araguari

qui, 14 de novembro de 2013 15:02
Equipe da secretaria de Trânsito e Transporte foi responsável pela inspeção veicular. Foto: Gazeta do Triângulo

Equipe da secretaria de Trânsito e Transporte
foi responsável pela inspeção veicular.
Foto: Gazeta do Triângulo

DA REDAÇÃO – A reportagem do Jornal Gazeta do Triângulo acompanhou a vistoria que aconteceu na tarde de ontem e confirmou a acessibilidade em todos os veículos. Conforme informações do agente de trânsito José Maximino dos Santos “Zeca”, os ônibus estão em bom estado e conforme as exigências cobradas nas normas de trânsito.

Em entrevista, o secretário de Trânsito e Transporte Wanderley Barroso confirmou os resultados e disse que a frota também está de acordo com a lei de acessibilidade referente a 2012 incluída no Plano de Mobilidade Urbana. “O nosso objetivo é agir com o princípio de legalidade”, destacou o secretário. Segundo ele, uma das tratativas realizadas pela sua pasta é em relação ao aumento da frota. “Precisamos ampliar. Atualmente contamos com sete linhas urbanas, duas semi-urbanas: Piracaíba e Amanhece e outra reserva. Portanto, será realizado estudo técnico para fazer o levantamento das necessidades do Município, no intuito de atender melhor os usuários de transporte público”, afirmou o secretário.

De acordo com informações do departamento de Compras da prefeitura, a empresa SERTRAN – Sertãozinho Transportes e Serviços LTDA,  atuará na cidade por meio de concessão de forma emergencial durante 180 dias. Portanto, o processo de licitação será realizado dentro de alguns meses.

A expectativa é de que hoje, os ônibus atendam a população que ficou sem o transporte público durante sete dias. Outra informação é de que os funcionários da Expresso Cidade sejam transferidos para executarem os serviços. Até o fechamento da matéria representantes locais estavam em reunião discutindo questões de rescisão de contrato dos funcionários da Expresso Cidade.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: