Quarta-feira, 17 de Abril de 2024 Fazer o Login

Feliz ano velho

sex, 10 de janeiro de 2014 00:00

Abertura Treino Livre
Alô amigos, tomei emprestado o título do livro autobiográfico de Marcelo Rubens Paiva para fechar um ciclo e abrir outro. Explico-me. Ano passado, por motivos de doença grave e perda familiar, não consegui fechar o ano com a última coluna onde faria o balanço da temporada com os motores V8 aspirados, o que definitivamente marcará o fim de uma era na Fórmula 1, mas o assunto acabou mudando de foco, pois assim como no citado livro, um acidente mudou a vida de uma lenda das pistas: Michael Schumacher.

Esquiando na França, o piloto alemão sofreu um acidente grave, que o colocou em coma induzido, e cujas sequelas são imprevisíveis, tanto que nem os boletins médicos falam em recuperação, mas laconicamente dizem que “o quadro é estável, mas continua crítico”. O fato é que pelos danos causados ao cérebro do piloto não se pode especular sobre o que irá acontecer, mas com certeza nada de bom poderá surgir deste quadro complicado.

O que espanta nesse acidente é que Schummy é um esquiador experiente, e segundo informações estaria esquiando fora da pista regulamentar e caiu batendo a cabeça, e aqui começam as especulações de que estaria em alta velocidade (o capacete por ele usado quebrou); que deixou a pista oficial para ter mais emoção; que teria saído da pista para ajudar uma criança e muitas outras especulações sobre o que causou o acidente. O que se sabe, diante do silêncio de médicos e familiares, é que realmente o piloto não está bem e vem lutando por sua vida.

Tal qual no livro, Schumacher, a exemplo de Marcelo Rubens Paiva, terá uma segunda luta que será adaptar-se à sua nova condição o que para ele deverá ser extremamente difícil, pois adepto das emoções dos esportes radicais e da adrenalina, Schumy terá que modificar sua vida de forma radical, e será apenas uma sombra do que foi. Viverá intensamente apenas na memória de todos os que viram sua gloriosa carreira, mas será sempre uma lembrança no feliz ano velho.

Até a semana que vem. Que 2014 seja um ano mais feliz do que o ano que passou.

(*) Marcelo Inácio Marques Pereira é advogado, fã da Fórmula 1 desde 1970, e apaixonado pela Ferrari

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: