Sexta-feira, 17 de Maio de 2024 Fazer o Login

Famílias do Portal de Fátima recebem primeiras visitas de equipe da URBIS

sex, 20 de dezembro de 2013 01:46

Ação faz parte da política nacional de habitação a ser realizada nos residenciais

DA REDAÇÃO – O trabalho social passa a ser parte do cotidiano das famílias do residencial Portal de Fátima. Durante esta semana, os moradores começaram a receber a visita da equipe técnica da URBIS, empresa vencedora da licitação que irá executar um projeto de sensibilização e inclusão social em conjuntos habitacionais de Araguari.

A iniciativa da Caixa Econômica Federal em parceria com a prefeitura através da secretaria de Trabalho e Ação Social, visa principalmente conscientizar a população a respeito dos direitos, deveres e obrigações do cidadão, bem como esclarecer e orientar sobre serviços de utilidade pública.

De acordo com Sandra Patesco, da secretaria de Ação Social, a equipe é composta por assistentes sociais, psicólogos e para o atendimento, a empresa prestará o plantão Social no próprio bairro, situado na avenida Brasil. “A secretaria está prestando suporte e atendendo às necessidades da equipe. Nas visitas, os técnicos estão apresentando o plano de trabalho social às famílias e ao término dessa mobilização, teremos oficinas e cursos, de acordo com o perfil da comunidade local,” afirmou.

Sobre a importância do evento, o gerente da Caixa Federal em Araguari, Horácio Vilarinho Junior comentou que a intenção é informar a comunidade. “Esperamos que a população aproveite ao máximo as orientações e também as oficinas que serão realizadas ao longo do próximo ano. Acreditamos que esta ação possa melhorar o conceito de cidadania, pois nossa intenção é mobilizar a população para vivenciar em comunidade, pois assim iremos construir uma sociedade justa e transparente, e através disto eles poderão cobrar junto à administração recursos para melhoria de vida,” afirmou o gerente da Caixa Federal

Residenciais
Em breve outros residenciais devem receber o projeto. Conforme informou Horácio Vilarinho Junior, a expectativa é de que seja aberta uma nova licitação para beneficiar outras 1500 pessoas, residentes no Monte Moriá. “Logo no final do mês de janeiro, essas famílias poderão participar do projeto que será executado no prazo de um ano,” finalizou.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: