Terça-feira, 16 de Abril de 2024 Fazer o Login

Coluna: Da Redação (30/08)

qua, 30 de agosto de 2023 08:06

ÁGUA ABENÇOADA

A semana começou chuvosa e deve permanecer assim até a próxima sexta-feira, 1º, com possíveis trovoadas e granizo em Araguari e em outros municípios do Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas. A temperatura deve variar entre 15 e 30 graus.

 

MOBILIZAÇÃO EVANGÉLICA

Acontecerá sábado, 02, a partir das 9h, a tradicional “Marcha para Jesus 2023”, com a concentração marcada para a praça Getúlio Vargas. Na mesma data, será realizado um Culto de Ação de Graças, na Igreja de Cristo (rua José Resende, 130, bairro Aeroporto), às 19h30.

 

BOLA CHEIA

Falando em evangélicos, o vereador Claytinho Brazão (PSC) apresentou requerimento, ontem, na sessão ordinária Câmara Municipal, pedindo ao Executivo que lembre desta classe religiosa e promova também show gospel no aniversário da cidade, visto que há um grande número de evangélicos em Araguari e que, muitas das vezes, são esquecidos quando se fala em eventos comemorativos.

 

FESTA VERDE E AMARELA

A Seleção Brasileira Sub-17 superou a expectativas e ganhou todos os sets disputado no Campeonato Sul-Americano de Voleibol Masculino, realizado, com sucesso, em Araguari. Ganhou as quatro partidas e ficou com a inédita medalha de ouro na categoria. Parabéns aos atletas brasileiros e comissão técnica pela bela campanha, e nossos aplausos aos organizadores, que trouxeram mais um evento internacional para a nossa cidade, repercutindo no país e no continente.

 

 

CADÊ AS TRAVESSIAS ELEVADAS?

Na segunda-feira, pela manhã, um motociclista se feriu num acidente de trânsito na porta do Centro Educacional Municipal Mário da Silva Pereira. A vítima teria se dirigido ao colégio por ocasião do desfile. Naquele local, condutores de veículos abusam da velocidade constantemente. Até abaixo-assinado foi feito para que medidas sejam tomadas, porém, ainda não houve resposta para tal situação. A propósito, em alguns colégios particulares da cidade, foram instaladas travessias elevadas.

 

SEM RISCOS

A coluna apurou que o Estádio Sebastião César da Silva recebeu uma recente visita de integrantes da Defesa Civil e estes levantaram que a estrutura do local não oferece riscos às pessoas que caminham diariamente nas imediações daquela praça esportiva. O estádio se encontra em condições precárias, há algum tempo, especialmente na parte interna, e não há rumores de que sejam realizadas melhorias, no momento. Lamentável!

 

INIMIGO PERIGOSO

Até a última segunda-feira, 28, Minas Gerais registrou 388.665 casos prováveis (casos notificados, exceto os descartados) de dengue. Desse total, 274.988 foram confirmados para a doença. Há 172 óbitos por dengue em Minas Gerais e 98 em investigação.

 

DESTAQUE

O jornalista, professor e ex-vereador Gilmar Cabral é um dos principais nomes do esporte de Araguari na atualidade. Através da Liga Araguarina de Futsal (LAFS), várias outras modalidades estão sendo beneficiadas. Cabral vive o esporte desde a juventude e conhece do assunto. A LAFS vive o seu melhor momento, realizando competições com sucesso em diversas categorias.

 

NINGUÉM DAQUI

Doze alvos considerados prioritários para o sistema de Segurança Pública de Minas Gerais foram incluídos na lista da sexta edição do programa “Procura-se”. As condenações destes somam 400 anos de prisão, por envolvimentos em homicídios, roubos e tráfico de drogas. Com a ação, as forças de segurança pública reúnem esforços para a busca de foragidos, prioritários para o sistema de Justiça. Desta vez, não há criminoso que responde processos na Comarca de Araguari.

1 Comentário

  1. Eliane disse:

    Quebra-molas não resolve esses problemas, porque depois que passam eles aceleram com força. A cidade precisa é de coisas modernas como RADARES que resolve o problema pela raiz. O camarada só obedece quando tem que colocar a mão no bolso para pagar uma multa e essa tem que ser bem salgada, mas eles cobram mais barato que é para animar às pessoas a fazerem o errado e render bastante dinheiro para os cofres públicos. Se cobrar caro o povo fica com medo e pode não querer fazer o errado, e poderia gerar grandes prejuízos ao governo. É por isso que pegam leve.

Deixe seu comentário: