Segunda-feira, 22 de Abril de 2024 Fazer o Login

Coluna: Cantinho do Mário (05/03)

sáb, 6 de março de 2021 01:00

PLANETA PRISÃO

Tenho alguns amigos que dizem que a Terra é um ‘planeta hospital’. Questão de ponto de vista. São pessoas mais evoluídas, mais sensíveis que eu. Entretanto, eu tenho analisado as coisas como elas são, faço autoanalise e a cada dia mais me convenço que aqui é uma ‘prisão de espíritos recalcitrantes’, senão vejamos: Todos estamos a caminho da evolução, fomos criados para isso, mas o que estamos fazendo de nosso livre arbítrio? Vivemos em guerras desde que o homem deixou o automatismo e recebeu o pensamento continuado. Egoísmo e orgulho imperam de forma generalizada, raros são os altruístas. Os países ricos gastam fortunas em armamentos cada vez mais letais, guerras biológicas criam monstros tenebrosos quando poderiam minorar o sofrimento dos mais pobres e dar uma vida mais digna aos seus semelhantes. Aqueles que tem o poder nas mãos estão cada vez mais corruptos, se aproveitam da desgraça alheia, como no caso dessa pandemia, desviando recursos e se enriquecendo ilicitamente, se esquecendo da transitoriedade da vida. Dizem que a fortuna acumulada por Fidel Castro, Hugo Chaves e outros era imensa, onde será que a estão gastando nesse momento? Diz a sabedoria popular que caixão não tem gaveta. Os laboratórios que fabricam remédios estão cada dia mais ricos e ávidos por lucros. As pessoas comuns só olham para o próprio umbigo. Não é de se estranhar que tenhamos sido condenados a viver aqui enquanto não nos conscientizarmos de nossas responsabilidades. Contudo nada é para sempre, e quando as coisas começam a ‘andar de lado’ e os maus prejudicam o progresso daqueles que já acordaram para a realidade do bem, acontece um expurgo. As criaturas endurecidas, vingativas, escravos da matéria, serão afastadas do convívio dos bons. O multiverso pulula de vida, existem ‘zilhões’ de planetas: primitivos, em evolução, regenerados, felizes, etc. A lei é uma só para todos, chega num ponto onde é separado o joio do trigo. Aí vem o chorar e ranger de dentes que estamos protagonizando no momento. E parece ser apenas a ponta do iceberg. Será que ressuscitamos a ‘hidra de Lerna’? Tudo isto me faz lembrar das palavras de Jesus: “Bem-aventurados os que são brandos, porque possuirão a Terra”. Será que deveremos renunciar os bens do mundo para merecer essa dádiva? Lógico que não, enquanto aguardamos os bens do céu, o homem tem necessidade ‘dos da Terra’ para viver. Entretanto os bens da Terra são açambarcados pela violência em prejuízo dos que são brandos e pacíficos, mas Jesus promete que a justiça será feita. Quando a humanidade se submeter à lei do amor e da caridade haverá paz entre as criaturas e, por conseguinte, de acordo com a lei do progresso e a promessa de Jesus, o mundo se tornará um mundo ditoso, todos os maus serão afastados daqui para mundos relativos a seus estados de evolução. Estamos colhendo o que plantamos. Ainda não é o fim como alguns pregam por aí, é mais uma tentativa de conscientização da humanidade. Tenhamos fé, ela nos fortalece. Deus é amor e sempre ouve nossas preces, mas continuará dando o que precisamos e não o que queremos, lembre-se disso. Faça sua parte.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: