Segunda-feira, 22 de Abril de 2024 Fazer o Login

Cantinho do Mário – Antonio de Oliveira Machado Júnior

sáb, 27 de outubro de 2018 05:59

Abertura-cantinho

Natural de Araguari, nascido aos 26 de setembro. Pais: Antônio de Oliveira Machado e Neiva de Oliveira Machado. É casado com Rosemere de Fátima Oliveira Machado. Filhos: Matheus, Médico e Felipe, Engenheiro.

Fez o primário no Colégio Regina Pacis e ginásio e colegial na Escola Estadual Professor Antônio Marques. Desde jovem trabalha com seu pai, contrariando essa filosofia de que os filhos não podem ajudar os pais; que em muitos casos é prejudicial.

Antonio de Oliveira Machado Júnior

Antonio de Oliveira Machado Júnior

 

Aos sete anos de idade seu pai o levou para trabalhar e aprender na sua oficina mecânica onde dá manutenção em veículos pesados: caminhões e utilitários. Ali, dos sete aos dezoito anos de idade, aprendeu tudo sobre a manutenção e reparos em veículos.

Observando o trabalho do pai verificou que, às vezes, perdiam tempo comprando peças e acessórios e se tivessem uma revendedora de peças o serviço seria agilizado; dessa forma, haveria mais uma fonte de renda. Assim imaginou e em junho de dois mil e dois, criou a AUTOCAM –AUTO PEÇAS, localizada na avenida Vereador Geraldo Teodoro da Silva, 331, fone: 3246-0109.

De lá para cá, tem trabalhado direto na loja, atendendo seus inúmeros clientes, fazendo assessoria técnica e orçamento para caminhões e veículos utilitários.

É muito educado; humilde e honesto, fazendo por consequência muitos clientes. Ele e sua esposa são bastante religiosos; há muitos anos fazem parte do Diálogo Conjugal da igreja Católica. O Antônio Machado é membro da Loja Maçônica União Araguarina tendo ocupado diversos cargos naquela instituição.

O Antônio e sua esposa, muito unidos, mostram que querer é poder e com o trabalho tudo se consegue.

Um super abraço ao meu irmão e cunhada que, com sua dedicação, servem de exemplo pra muita gente.

CASOS E HISTÓRIAS PITORESCAS DE ARAGUARI

O Carlos foi com sua neta ao supermercado para comprar queijo Catupiry. Chegaram ao local de frios e queijos e por mais que procurassem não encontraram o produto.

Resmungando, ia saindo quando deu de cara com o Zé. Depois de um abraço contou a ele sua decepção, falaram amenidades e se despediram.

Enquanto comprava uns pães aparece o Zé com duas caixas de Catupiry todo sorridente e diz:

“-Procurou no lugar errado mano.”

Colocou o queijo no carrinho do Carlos e se foi; nem esperou agradecimento.

O Carlos entrou na fila do caixa para pagar quando uma senhora muito nervosa começou a esbravejar:

“-Alguém pegou meus queijos, vou ficar aqui até aparecer, só havia dois e eu os peguei.”

Ele fingiu que esqueceu alguma coisa, foi até o lugar dos frios e escondeu os Catupirys, sob um queijo grande.

Depois de pagar a conta viu o Zé encostado na porta morrendo de rir.

Sorte que o Bolsonaro não havia ainda liberado a venda de armas.

Quem não tem dinheiro…

MÁRIO F. S. JUNIOR.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: