Terça-feira, 28 de Novembro de 2023 Fazer o Login

Brasileirão nos cinemas – Ficha Técnica

qua, 27 de novembro de 2013 00:11

Abertura Ficha Técnica

Como seria a campanha dos times brasileiros no mundo cinematográfico

·Atlético-MG – Minha Primeira Vez
·Atlético-PR – De volta para o futuro
·Bahia – Círculo de Fogo
·Botafogo – A Era do Gelo
·Corinthians – A Ressaca
·Coritiba – Adrenalina (volume 2)
Coluna PJ 1·Criciúma – No Limite
·Cruzeiro – O Poderoso Chefão (Trilogia)
·Flamengo – Qual Será o Nosso Amanhã
·Fluminense – Acerto de Contas
·Goiás – Shrek
·Grêmio – À Procura da Felicidade
·Internacional – Quebrando a Cara
·Náutico – Missão Impossível
·Ponte Preta – Entre o Céu e o Inferno
·Portuguesa – Duro de Matar
·Santos – O mar não está para peixe
·São Paulo – O Cavaleiro das Trevas Ressurge
·Vasco da Gama – À Espera de um Milagre
·Vitória – Penetras bom de bico

O PARADOXO DE PRESIDENTE PRUDENTE

Dezembro de 2012. A cidade de Presidente Prudente, em São Paulo, pulsa em três cores. Após bater o Palmeiras por 3 a 2, o Fluminense fatura o quarto título do Campeonato Brasileiro. Em menos de um ano, muito iria mudar.

Desde então, Thiago Neves e Wellington Nem se despediram da equipe. Fred se mudou para o departamento médico e o Fluminense embarcou em queda livre no cenário nacional. No último domingo, a cidade que hospedou os tetracampeões foi a mesma que perdurou o drama tricolor.

Com a derrota frente ao Santos, o Flu abriga a indigesta 16ª colocação na tabela do Brasileiro, com 42 pontos. Restam apenas duas partidas, diante do Atlético Mineiro no Maracanã e do Bahia no estádio Pituaçu. Em 180 minutos, a permanência dos cariocas na elite será colocada em xeque.

VARANDÃO DA SAUDADE

Domingos da Guia, um zagueiro que não somente jogaria com o mesmo brilho em qualquer época como atuaria no setor do campo que escolhesse.

Coluna_PJ_2
“Divino Mestre”, um dos maiores defensores de todos os tempos

Nome: Domingos Antônio da Guia
*: 19/11/1912, no Rio de Janeiro
+: 18/05/2000, no Rio de Janeiro

Clubes: Bangu (1929 – 1931 e 1948); Vasco (1932 e 1934); Nacional, Uruguai (1933); Boca Juniors, Argentina (1935); Flamengo (1936 – 1943); Corinthians (1944 – 1947)
Seleção: 1931 – 1946 (25 jogos)

Principais conquistas: campeão dos campeonatos argentino, uruguaio e tetracampeão carioca.

* A série “Varandão da Saudade” é baseada no livro “Os 100 melhores jogadores brasileiros de todos os tempos”, obra dos jornalistas André Kfouri e Paulo Vinícius Coelho.


Acesse: fichatecnicafc.blogspot.com.br

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: