Quinta-feira, 11 de Julho de 2024 Fazer o Login

Veículos com excesso de peso são flagrados nas rodovias da região

qui, 20 de junho de 2024 09:16

Da Redação

 

Boa parte das rodovias dentro estado de Minas Gerais apresentam problemas em sua estrutura, e o peso transportado pelos veículos de carga é o principal fator que implica na infraestrutura do asfalto, que muitas vezes sofrem com excesso de peso.

 

Esse fato fica claro após uma divulgação da Ecovias, citando que em menos dois meses, mais de 7 mil veículos de carga que circularam pela rodovia BR-365 entre Uberlândia, no Triângulo Mineiro, e a divisa com Goiás, estavam com excesso de carga. Os veículos foram pegos pela balança de peso obrigatório. O equipamento faz a medição de veículos comerciais de forma automática, com uso de sensores instalados nas pistas e câmeras inteligentes posicionadas em pórticos.

 

A concessionária informa que, em um período de 50 dias, correspondentes à primeira e segunda fases de testes, mais de 7,7 mil caminhões e ônibus foram detectados com sobrecarga, uma média de seis veículos por hora. “É um número que nos chama atenção porque o excesso de peso coloca em risco não só a vida do motorista do veículo de carga, mas também a de outros usuários da rodovia. É um problema que está diretamente relacionado a uma maior probabilidade de acidentes, como tombamentos,

saída de pista e colisões por falha mecânica”, disse o gerente de operações da concessionária Ecovias do Cerrado, Bruno Araújo Silva.

 

Veículos com sobrecarga também aumentam o desgaste do pavimento, contribuindo para a formação de buracos e ondulações. Os caminhões e ônibus detectados com excesso de peso pelo HS-WIM, por exemplo, transportaram no período 18 mil toneladas a mais do que o permitido. Segundo a empresa, está sendo realizado um trabalho que espera aumentar a quantidade de veículos fiscalizados, descobrindo mais cargas com excesso pela BR-365.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: