Quinta-feira, 11 de Julho de 2024 Fazer o Login

Secretaria de Saúde prevê receber vacinas contra influenza ainda hoje

qui, 21 de março de 2024 08:05

Da  Redação

A meta é imunizar 90% de cada um dos grupos prioritários
Divulgação

Ontem, 20, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) reforçou a importância da vacinação contra a influenza (gripe), a ação é decorrente da proximidade do período de baixas temperaturas e aumento da circulação de vírus respiratórios. A campanha será realizada entre os dias 25 de março e 31 de maio, mas vários municípios mineiros darão início à vacinação ainda nesta semana. O dia D de mobilização nacional está previsto para 13 de abril.

É bom mencionar que, no dia 15, Minas Gerais recebeu 844 mil doses da vacina contra a influenza, que foram distribuídas às regionais de saúde do estado. Conforme o

Ministério da Saúde, mais doses serão disponibilizadas em remessas ao longo do período de vacinação. A estimativa é de 8,7 milhões de pessoas incluídas nos grupos prioritários para a vacinação no estado.

A imunização tem a finalidade de reduzir as complicações, internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus. A vacina é segura e está disponível nas Unidades Básicas de Saúde de todo o estado.

A campanha será realizada segundo a população prioritária para a vacinação: pessoas com 60 anos ou mais de idade, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes e puérperas, indígenas, quilombolas, trabalhadores da saúde, professores, pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente, além das Forças Armadas, de segurança e salvamento, dentre outros.

“A vacina influenza trivalente utilizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é eficaz contra as cepas H1N1, H3N2 e tipo B. A detecção de anticorpos protetores se dá entre duas e três semanas depois da vacinação e apresenta, geralmente, duração de 6 a 12 meses. O pico máximo de anticorpos ocorre após 4 a 6 semanas e a proteção conferida pela vacinação é de aproximadamente um ano, por isso ela deve ser realizada anualmente”, explicou a coordenadora estadual do Programa de Imunizações da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, Josianne Gusmão.

“A meta é imunizar 90% de cada um dos grupos prioritários para vacinação contra influenza. Para os

demais grupos, considerando a indisponibilidade de denominadores serão disponibilizados os dados de doses administradas durante a campanha”, informou.

De acordo com as informações do Ministério da Saúde, em 2023 foram aplicadas 7.452.798 doses da vacina contra a influenza em Minas Gerais nos grupos prioritários (crianças, trabalhadores da área da saúde, gestantes, puérperas, indígenas, idosos e professores). A cobertura foi de 68,8% desse público.

Ontem, a reportagem da Gazeta conversou com a secretária de Saúde, Thereza Christina Griep para saber sobre a vacinação em Araguari. Conforma a secretária, as vacinas não haviam chegado, porém a previsão é que a primeira remessa chegue ao município ainda hoje.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: