Terça-feira, 16 de Abril de 2024 Fazer o Login

Redução de jornada de trabalho dos profissionais de saúde é aprovada pelos parlamentares

qua, 28 de fevereiro de 2024 08:04

Da Redação

Foto 2: Vários assuntos foram abordados na reunião de ontem
Divulgação

Ontem, 27, a Câmara Municipal de Araguari realizou mais uma sessão ordinária. Os parlamentares, reunidos em plenário usaram a tribuna, apresentaram seus requerimentos e apreciaram os projetos do dia.

Dentre os requerimentos em destaque, estava o da parlamentar Ana Lúcia (PSB) que solicitou que seja encaminhado um ofício ao prefeito Renato Carvalho (Republicanos), extensivo à secretaria responsável, pedindo que seja instalado novamente o semáforo que foi retirado do cruzamento da avenida Bahia com a rua Paissandú.

 

O edil Clayton Brazão (PSC) também se sobressaiu ao requerer que seja enviado um ofício ao prefeito Renato Carvalho, extensivo à secretaria competente, solicitando a instalação de concreto, lixeiras e academia ao ar livre em uma área verde, localizada entre as ruas Lourdes Rodrigues da Cunha e Tambu, no loteamento Beatriz. Além disso, o vereador solicitou a construção de uma praça, na entrada da rua Otacílio Pinto de Oliveira.

Na pauta do dia estavam os seguintes assuntos: Projeto de Lei nº 2 de 2024, de autoria do Executivo, que altera a Lei n° 6.868, de 22 de dezembro de 2023, que cria a Secretaria Municipal de Logística, Licitações, Compras, Contratos e Tecnologia da Informação, centraliza na Secretaria Municipal de Administração as ações relacionadas às parcerias, acordos, convênios, ajustes e outros instrumentos congêneres celebrados pelo Município de Araguari, e dispõe sobre a transformação da Secretaria Municipal do Trabalho e Ação Social na Secretaria Municipal do Trabalho, Ação Social, da Juventude e Combate à Fome, promove a extinção da Secretaria Municipal da Juventude, Combate à Fome e a Dependência Química, transforma e cria cargos públicos, e promove alterações na Lei n° 6.870, de 22 de dezembro de 2023, a qual estabelece a reestruturação remuneratória dos cargos e empregos públicos que menciona, e dá providências; foi aprovado por 14 votos, com voto contrário do vereador Nego (Solidariedade).

Projeto de Lei nº 25 de 2024, de autoria do Poder Executivo, que acrescenta o art. 2°-A a Lei n° 6.207, de 26 de agosto de 2019, que autoriza a redução de jornada de

trabalho dos profissionais de saúde com profissão regulamentada, dando outras providências.

 

Na oportunidade, a vereadora Dêda Lima (PL) pediu vista de 6 dias desse projeto e seus colegas aprovaram sua solicitação.

 

Projeto de Decreto Legislativo nº 10 de 2024, de autoria da Mesa Diretora, que dispõe sobre a concessão em 2024, do “Diploma de Mérito em comemoração ao Dia Internacional da Mulher”; foi aprovado por 15 votos.

1 Comentário

  1. Eliane disse:

    Mas diz que esse semáforo não tem serventia por ser a Rua Paissandu uma rua sem grandes movimentos. Para combater a fome, as pessoas têm que trabalhar, sem essa de ficar tratando de pessoas fortes e em idade de trabalhar. A Rússia é um país socialista, mas o lema lá é o seguinte, ou você trabalha ou morre de fome. O melhor é a geração de empregos, lá no Nordeste mulheres e homens fortes clamando porque cortaram o auxílio deles, vão fazer um concurso, vão ser diaristas, vão aproveitar esses cursos grátis. Tem que ensinar o povo a trabalhar.

Deixe seu comentário: