Terça-feira, 23 de Julho de 2024 Fazer o Login

Projeto “Bombeiro na escola” visa ensinar alunos técnicas de prevenção de acidentes

qui, 28 de novembro de 2013 00:48
O projeto tem como proposta ensinar aos alunos noções  de prevenção e como agir em casos de acidentes. Foto: Araipedez Luz P10/SECOM/PMU

O projeto tem como proposta ensinar aos alunos noções
de prevenção e como agir em casos de acidentes.
Foto: Araipedez Luz P10/SECOM/PMU

KARINE ALBUQUERQUE – O 5º Batalhão de Bombeiros Militar lançou no dia 25 de novembro, o projeto “Bombeiro na escola”, plano que visa ensinar crianças de escolas públicas procedimentos a serem adotados diante de acidentes domésticos, incêndios, defesa civil, afogamentos e educar quanto às formas corretas de circulação em vias públicas, uso do cerol,  prevenção a acidentes do trânsito e meio ambiente.

O lançamento do projeto aconteceu no auditório Cícero Diniz e contou com a participação de autoridades públicas e crianças de escolas municipais, que participarão do projeto. Segundo o subcomandante Leonardo Teixeira, o projeto tem início previsto para 2014 e o público alvo são alunos do 5º ao 9º ano. “As crianças terão noção de defesa civil e prevenção de acidentes. Serão verdadeiros bombeiros que nos ajudarão no dia a dia”, afirmou Teixeira.

A secretária Antidrogas e de Defesa Social, Flávia Carvalho, acrescentou sobre a importância dos estudantes repassarem os ensinamentos para a família e amigos. “Vocês poderão fazer toda a diferença, aprendendo a fazer os primeiros socorros e ensinando para o pai, a mãe, o irmão, vocês serão multiplicadores dessas ações”, salientou.

O desenvolvimento do projeto conta com uma visita ao batalhão, para que os estudantes entendam na prática como é o trabalho de um bombeiro, além de receberem instruções nas escolas com palestras, simulações e distribuição de cartilhas educativas.

Para a aluna, Maria Gabriela Rodrigues, de 12 anos, as atividades serão importantes para repassar as instruções a família. “Eu quero poder ensinar a minha família várias coisas, como as técnicas para não se afogar quando formos num rio”, disse.

Segundo o tenente Lúcio, além de ensinar as crianças a se protegerem, o projeto visa também despertar futuros profissionais da área. “As aulas se tornarão mais agradáveis e a visita ao batalhão vai despertar bombeiros militares”, comentou.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: