Quarta-feira, 10 de Julho de 2024 Fazer o Login

Prefeitura prevê construir 5 quilômetros de ciclofaixa na avenida Teodolino até o fim de semana

qua, 13 de dezembro de 2023 08:04

Da Redação

Ciclofaixa na avenida Coronel Teodolino Pereira de Araújo.
Divulgação

A presença das ciclovias e das ciclofaixas nos municípios colabora para diminuir o número de acidentes de trânsito, além de estimular o ciclismo como forma de deslocamento sustentável e rápido, melhorando a mobilidade urbana.

Com a determinação de uma área exclusiva para quem utiliza a bicicleta para se locomover, tanto os ciclistas quanto os pedestres e os motoristas de outros meios de transporte ficam mais seguros.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde, nos últimos dez anos mais de 13 mil ciclistas morreram no Brasil, e 60% dessas perdas ocorreram devido a atropelamentos. Esses números evidenciam que é essencial que exista uma estrutura adequada para a circulação das bicicletas, que têm se tornado cada vez mais presentes no trânsito.

Sabendo disso, nesta semana, a Prefeitura de Araguari, através da Secretaria de Trânsito, Transportes e Mobilidade Urbana está construindo uma ciclofaixa na avenida Coronel Teodolino Pereira de Araújo. Segundo o chefe da SETTRANS, Carlos Eduardo Freire, em média, está sendo feito um quilômetro por dia de ciclofaixa e a previsão de término é no fim de semana.

Ressalta-se que, a ciclovia é a pista exclusiva para bicicletas e outros ciclos. Entre eles, estão triciclos, quadriciclos, patinetes, patins, skates e cadeiras de rodas. Como a circulação é específica para estes veículos, há uma separação física entre esse espaço e o tráfego comum.

As ciclofaixas se distinguem por serem uma parte da pista de rolamento, da calçada ou do canteiro destinada à circulação especial para as bicicletas. Elas são demarcadas por sinalização específica, que normalmente são placas, pintura do asfalto em vermelho e um desenho de bike para representar e delimitar o espaço.

Essas faixas ficam próximas ao tráfego dos outros automóveis. Seguindo as normas do Código Brasileiro de Trânsito (CTB), os ciclistas devem seguir a mesma direção do fluxo da via. Pedalar na contramão é proibido e só

acontece mediante a permissão da autoridade de trânsito.

“Conforme o tempo vai nos ajudando, sem chuva, a obra avança com mais rapidez. Serão concluídos aproximadamente cinco quilômetros de ciclofaixa por toda extensão da avenida Cel. Teodolino Pereira de Araújo; onde chegaremos em torno de 20 quilômetros. O nosso compromisso é de entregar 30 quilômetros até o final de 2024”, explicou Carlos Eduardo Freire.

Vale lembrar que, a finalidade da prefeitura é fazer com que os ciclistas possam sair do bairro de Fátima e irem até, praticamente, o bairro Bosque com segurança. Isso acontecerá quando as ciclofaixas forem unificadas.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: