Sexta-feira, 09 de Fevereiro de 2024 Fazer o Login

Preços dos combustíveis caem, em comparação com o mês de novembro

qua, 20 de dezembro de 2023 08:03

Da Redação

Os preços são referentes à média geral de diversos postos de combustíveis
Divulgação

Abastecer o carro com combustível de boa qualidade é uma das atitudes que devem ser priorizadas pelos motoristas que privam pela segurança e valorização do carro.

Sabendo disso, no dia 18, uma nova pesquisa de preços de combustíveis foi realizada pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor – Procon Araguari, com o objetivo de auxiliar os consumidores a encontrar as melhores condições na hora de abastecer.

De acordo com dados apresentados na pesquisa, o valor médio do litro da gasolina comum é R$5,35; a gasolina aditivada custa em torno de R$5,47. O preço médio do litro de etanol é R$3,31. O valor cobrado pelo diesel comum é aproximadamente R$5,75; já o diesel S10 está em torno de R$5,99. Ressalta-se que, esses preços são referentes à

média geral de diversos postos de combustíveis, que possuem diferentes bandeiras, como: Petrobras, Branca, Total Brasil, Ipiranga, Ale e Shell, por esse motivo os preços podem variar para mais ou para menos, de acordo com o local de revenda.

Na pesquisa realizada em novembro, o valor médio do litro da gasolina comum era R$5,37; a gasolina aditivada custava em torno de R$5,49. O preço médio do litro de etanol era R$3,36. O valor cobrado pelo diesel comum era aproximadamente R$6,01; já o diesel S10 estava em torno de R$6,26.

Em comparação com os valores apurados em novembro, a pesquisa apontou uma redução nos preços dos combustíveis.

Destaca-se que, segundo a Petrobras, no Brasil, o preço médio do litro da gasolina é R$5,61. Essa informação foi obtida, através de uma pesquisa realizada entre os dias 10 e 16 de dezembro.

1 Comentário

  1. Eliane disse:

    Se as pessoas aqui no Brasil tivessem o hábito da carona. Se cada dia um fosse de carro e desse carona para os outros que moram próximos a sua região, não amontoaria tantos carros nas portas das empresas, o custo da gasolina diminuiria, lá em Londres tem isso.

Deixe seu comentário: