Quinta-feira, 26 de Novembro de 2020
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Coluna: Pergunte ao doutor (20/11)

sex, 20 de novembro de 2020 06:47

Abertura-pergunte-ao-doutor

 

1-O que é “Novembro Roxo”?

A campanha do Dia Mundial da Prematuridade acontece durante o mês de novembro, concentrando ações no dia 17.

Juntos pelos prematuros, cuidando do futuro: esse é o slogan do “Novembro Roxo” e do Dia Mundial da Prematuridade de 2020, definido pela rede mundial de ONGs que lutam pela causa da prematuridade.

Novembro é considerado o Mês Internacional de Sensibilização para a Prematuridade e, o objetivo é alertar sobre o crescente número de partos prematuros e como preveni-los, bem como informar sobre as consequências do nascimento antecipado para o bebê, para sua família e para a sociedade.

O roxo simboliza sensibilidade e individualidade, características que são muito peculiares aos bebês prematuros. Além disso, o roxo também significa transmutação e mudança, ou seja, a arte de transformar algo em outra forma ou substância, assim como no desenvolvimento de um bebê prematuro.

 

2-Qual é o objetivo dessa campanha?

Juntos pelos prematuros, cuidando do futuro: esse é o slogan do “Novembro Roxo” e do Dia Mundial da Prematuridade de 2020, definido pela rede mundial de ONGs que lutam pela causa da prematuridade. Todos os anos nos reunimos para decidir o tema central da campanha e, dessa forma, fortalecer e ampliar o alcance da mensagem que queremos transmitir. Levar conscientização sobre o parto prematuro e suas consequências, além de garantir o melhor cuidado para os bebês e suas famílias, que é a grande missão desta família de organizações. A ONG Prematuridade.com se orgulha por representar o Brasil nessa aliança global em prol dos prematuros, suas famílias e dos profissionais de saúde que cuidam deles. Da Austrália à África do Sul, da Alemanha ao México, de Gana à Ucrânia, e, aqui no Brasil, do Oiapoque ao Chuí, estamos juntos pelos prematuros, por um futuro melhor!

No dia 17 de novembro, é celebrado o Dia Mundial da Prematuridade, data escolhida pelo significado especial para Jürgen Popp, um dos fundadores da EFCNI (European Foundation for the Care of Newborn Infants), parceira da ONG Prematuridade.com. Após a morte de seus trigêmeos prematuros, em dezembro de 2006, ele tornou-se pai de uma filha nascida em 17 de novembro de 2008. Ao mesmo tempo, o March of Dimes, organização de caridade americana para prematuros e recém-nascidos teve uma ideia semelhante e lançou um Dia da Consciência para a Prematuridade, em 17 de novembro, nos EUA.

 

3-Quantos bebês prematuros nascem no Brasil.?

Todo ano nascem em torno de 340 mil bebês prematuros no Brasil. Muitos deles não sobrevivem, ou ficam com sequelas em função do nascimento antecipado.

 

4-Como é o bebê prematuro?

O bebê que nasce com menos de 37 semanas de gestação (36 semanas e 6 dias) é considerado prematuro, ou pré-termo. No Brasil, o nascimento de bebês prematuros corresponde a 12,4% dos nascidos vivos, de acordo com dados do Sistema de Informações Sobre Nascidos Vivos (Sinasc) e do Ministério da Saúde, confirmados pela UNICAMP em 2014. Os “prematurinhos” podem ser classificados de acordo com a idade gestacional ao nascer, sendo o prematuro limítrofe aquele nascido entre 37 e 38 semanas; moderado nascido entre 31 e 36 semanas e, prematuro extremo aquele nascido entre 24 e 30 semanas de idade gestacional.

Quanto ao peso de nascimento, denomina-se os bebês com menos de 2kg como baixo peso, muito baixo peso os com menos de 1,5kg e extremo baixo peso aqueles com peso menor que 1kg.

 

5-Quais são as características do prematuro?

Geralmente tem baixo peso ao nascer, pele fina, brilhante e rosada, veias visíveis, pouca gordura sob a pele, pouco cabelo, orelhas finas e moles, cabeça desproporcionalmente maior do que o corpo, musculatura fraca e pouca atividade corporal, poucos reflexos de sucção e deglutição (sugar e deglutir).

Mas a principal característica de todo prematuro é algo que pode passar despercebido em um primeiro momento. É algo que se percebe ao longo das horas e dos dias… essa característica é a VONTADE DE VIVER!

 

6-Quais são as principais complicações da prematuridade?

Os problemas respiratórios são os mais comuns, pois os prematuros nascem carentes de surfactante, uma proteína produzida nos pulmões que permite que eles se encham de ar. Muitas vezes, é necessário o uso do CPAP, que ajuda o bebê a respirar. No caso de o bebê não conseguir respirar sozinho, pode haver a necessidade de ventilação mecânica até que os pulmões amadureçam.

A complicação cardíaca mais comum é a persistência do canal arterial, um vaso que faz com que o sangue não passe pelos pulmões, uma vez que o feto recebe o oxigênio através da placenta. Normalmente, este vaso se fecha logo após o nascimento, permitindo que o sangue chegue aos pulmões. Nos prematuros, o canal, por vezes, não se fecha de forma adequada, provocando uma insuficiência cardíaca. O tratamento consiste na administração de medicamentos e, em alguns casos, é necessária intervenção cirúrgica.

A enterocolite necrotizante (NEC) é uma complicação intestinal grave, que se associa a uma baixa tolerância à alimentação, distensão abdominal e piora clínica geral. O tratamento consiste em suspender a dieta, oferecendo alimentação somente intravenosa e na administração de antibióticos. Por vezes, é necessária intervenção cirúrgica.

Nos prematuros mais extremos, pode ocorrer hemorragia cerebral (ou intraventricular) nos primeiros dias de vida, diagnosticada pela realização de ecografia cerebral. Na maioria dos casos são hemorragias pequenas que são reabsorvidas espontaneamente pelo organismo, sem consequências graves. As mais graves podem danificar o tecido cerebral. Quando há dilatação (hidrocefalia) pode ser necessária a colocação de uma válvula para drenar os ventrículos cerebrais.

Bebês prematuros, principalmente os nascidos com menos de 32 semanas, podem desenvolver também retinopatia. A retinopatia da prematuridade é o crescimento desorganizado dos vasos sanguíneos que chegam à retina (camada mais interna do globo dos olhos do bebê. Esses vasos podem sangrar e, em casos mais sérios, a retina pode descolar e ocasionar a perda da visão da criança.

 

7- Sobrevivência e sequelas da prematuridade?

É impossível prever com precisão quais as taxas de sobrevivência e se haverá sequelas para o bebê após o nascimento prematuro.

As possibilidades de sobrevida estão condicionadas pela idade gestacional, o peso ao nascer e pelas complicações que o bebê prematuro apresenta. De todos estes fatores, o mais importante é a idade gestacional, uma vez que esta determina a maturidade dos órgãos.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: