Quarta-feira, 10 de Julho de 2024 Fazer o Login

Mais de 300 cidades em Minas Gerais estão em alerta de fortes chuvas

ter, 6 de dezembro de 2022 08:08

Da Redação

É necessário evitar contato com a água de alagamentos, pois elas podem estar contaminadas

Em Minas Gerais há risco de chuvas fortes em 363 cidades, dentre elas Araguari, de ontem, 5, até hoje, 6, segundo alerta do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A previsão é que chova até 100 milímetros e com ventos de até 100 km/h.

Pensando nas complicações que as chuvas podem trazer, a reportagem da Gazeta entrevistou o representante da Defesa Civil, Lucenildo Batista para saber qual é a previsão do tempo para o município, quais são as medidas que a Defesa Civil está tomando e o que a população pode fazer para evitar os transtornos comuns do período de chuva.

“Hoje, está prevista a chegada de uma frente fria com a previsão de 20 a 40 milímetros de chuva. A Defesa Civil Municipal está diuturnamente, observando os locais mais propensos ao acúmulo de água, principalmente as edificações mais antigas, já mapeadas. Estamos sempre limpando bocas de bueiros que possuem pouca sujeira; pois as demais não fazem parte das nossas atribuições”, disse.

O representante da Defesa Civil também fez um apelo para a população. “ Pedimos ajuda aos moradores que encontrarem alguma boca de lobo que esteja somente suja na sua grade, limpando essa grade, para que ela possa escoar a água. Estamos sempre de plantão. A cidade pode sofrer um alagamento por esse acúmulo de água, por isso acompanhamos esses locais para ver o que pode ser feito em um futuro breve para nossa cidade”, destacou.

Vale salientar que, de acordo com a Defesa Civil, em caso de alagamentos, é necessário: auxiliar crianças, idosos e pessoas com dificuldade de locomoção; garantir a segurança dos animais de estimação; evitar contato com a água de alagamentos, pois ela pode estar contaminada e provocar doenças; nunca atravessar pontes, ruas ou avenidas alagadas, mesmo estando de carro, moto ou bicicleta, pois a força da água poderá arrastá-lo; se for imprescindível trafegar, tenha cuidado redobrado com buracos e bueiros sem tampas ou encobertos pela água; se estiver no trânsito, utilize os serviços de rádio ou de aplicativos para traçar as rotas que evitem áreas alagadas, preferencialmente, procure um local alto e espere o nível da água baixar.

Com relação às chuvas intensas, é preciso: fechar bem as portas e janelas; se houver vendaval, granizo ou descargas elétricas, fique atento às recomendações para estes tipos de ameaças; auxilie crianças, idosos e pessoas com dificuldade de locomoção; evite contato com a água de alagamentos, pois podem estar contaminadas e provocar doenças; nunca atravesse ruas alagadas, mesmo estando de carro, moto ou bicicleta, pois a força da água poderá arrastá-lo; se estiver em um veículo, procure um local alto e espere o nível da água baixar; não pare o carro perto de árvores ou postes, porque eles podem cair ou atrair raios; se houver qualquer sinal de movimentação no terreno, procure um local seguro.

Em caso de enxurrada: não dirija a não ser que precise; feche bem as portas e janelas; auxilie crianças, idosos e pessoas com dificuldade de locomoção; evite contato com a água da enxurrada; se for imprescindível andar na água, caminhe por onde há menos movimento e use uma vara, um cabo de vassoura, ou qualquer outra haste rígida para verificar se o solo a sua frente é firme e raso; nunca atravesse ruas alagadas, mesmo estando de carro, moto ou bicicleta, pois a força da água poderá arrastá-lo; se estiver em um veículo, procure um local alto e espere o nível da água baixar.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: