Sábado, 20 de Julho de 2024 Fazer o Login

Jovem que matou trabalhador em Araguari é condenado pelo Júri Popular

qua, 10 de agosto de 2022 09:00

Da Redação

 

Nesta terça-feira, 9, no Fórum Doutor Oswaldo Pieruccetti, foi submetido a Júri Popular na Segunda Vara Criminal da Comarca o acusado pelo assassinato do trabalhador Rivelino Batista Pereira, 50 anos, na região dos Verdes, em Araguari.

A vítima foi agredida com uma ferramenta no final de setembro de 2020, numa propriedade rural, poucos quilômetros depois do presídio local. No dia 6 do mês seguinte, o homem faleceu em decorrência dos ferimentos. O suspeito, hoje com 20 anos, foi capturado em flagrante na data das agressões, no Portal dos Ipês.

Em 2021, a defesa requereu a saída do acusado da prisão e a absolvição sumária, alegando que não houve intenção de matar e que a decisão que converteu o flagrante em preventiva seria genérica, abstrata e sem fundamentação, porém, não conseguiu convencer os desembargadores do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

Um dos motivos que atrasaram a realização do Júri Popular teria sido provocado pela própria defesa, uma vez que o réu foi citado em 28 de outubro de 2020 e a resposta à acusação apresentada apenas em 20 de novembro, além do que a defesa permaneceu por 63 dias com os autos, entre março e maio de 2021.

Na sessão de julgamento presidida pela juíza Alessandra Leão Medeiros Parente, ontem, a promotoria sustentou a denúncia do homicídio qualificado (motivo fútil e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima). Por outro lado, o acusado alegou ter agido em sua legítima defesa. Com a condenação, foi proferida a sentença de 10 anos de reclusão, no regime inicial fechado.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: