Quarta-feira, 28 de Fevereiro de 2024 Fazer o Login

Comandante da PM garante segurança em festas na zona rural

sáb, 19 de julho de 2014 00:55

Em reunião, tenente coronel Sandro esclareceu o atendimento durante os eventos

Paulo do Vale, Ten. Cel. Sandro e Wesley Lucas. Foto: Divulgação

Paulo do Vale, Ten. Cel. Sandro e Wesley Lucas.
Foto: Divulgação

DA REDAÇÃO – A cada ano, festas tradicionais na zona rural reúnem diversos moradores que se deslocam da cidade ou aproveitam para desfrutar do convívio na região. Enquanto muitos aproveitam o momento, as equipes do 53º Batalhão de Polícia Militar trabalham para garantir a segurança dos frequentadores.

Recentemente, rumores davam conta de que a falta de alvará sanitário havia comprometido o respaldo dos policiais. Para esclarecer a situação, os vereadores Paulo do Vale (PV) e Wesley Lucas de Mendonça (PPS) se reuniram com o tenente coronel do 53º BPM, Sandro Heleno Leite.

Em contato com a reportagem, Paulo do Vale enalteceu o encontro. “Na semana anterior surgiram boatos de que a PM estaria exigindo alvará para oferecer a segurança nas festas religiosas da zona rural. A reunião serviu para esclarecer isso, uma vez que o comandante garantiu jamais haver esse tipo de situação. Mesmo assim, não descartamos a responsabilidade das pessoas que promovem as festividades a cumprirem as exigências. É algo que deve ser atendido para dar as condições mínimas aos frequentadores”, esclareceu.

Sobre a presença dos policiais durante os eventos, o comandante Sandro manifestou a necessidade de um contato mais estreito com os organizadores, dentro do período adequado para que a equipe prepare o efetivo suficiente.

“O que vale lembrar é que em muitas ocasiões os pedidos de policiamento não são exercidos com a devida antecedência, algumas vezes chegam a ocorrer no mesmo dia do evento. É importante que as pessoas se atentem que precisamos receber a solicitação com mais tempo para preparar o efetivo mediante a quantidade de participantes”, destacou.

Apesar de garantir a segurança aos moradores, o comandante reconhece a importância do alvará sanitário, que não compete à fiscalização por parte da Polícia Militar.

“O alvará sanitário é fundamental para a realização das atividades, mas isso não cabe aos militares. Nosso comprometimento é em oferecer as condições de segurança para todos e deslocamos as viaturas tanto de maneira fixa como para patrulhamento, conforme as prioridades” completou.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: