Segunda-feira, 24 de Junho de 2024 Fazer o Login

Com jogador araguarino, Seleção Brasileira de Favelas disputa amistoso no Rio de Janeiro

sáb, 8 de fevereiro de 2014 00:05
João Victor Corrêa Oliveira Martins entra em campo neste sábado, 8, para o jogo contra a Academia de Futebol do Pérolas Negras, do Haiti. Foto: Divulgação/Cufa Araguari

João Victor Corrêa Oliveira Martins entra em campo neste sábado, 8, para o jogo contra a Academia de Futebol do Pérolas Negras, do Haiti. Foto: Divulgação/Cufa Araguari

P.J. GODOY –  Falta pouco para o encontro entre a Seleção Brasileira de Favelas e os haitianos da Academia de Futebol Pérolas Negras. Depois de várias avaliações durante o último mês, 22 jovens foram escolhidos para integrar a equipe nacional. Entre eles, o araguarino João Victor Corrêa Oliveira Martins.

Aos 15 anos, o garoto prodígio, de 1,80m, foi artilheiro da Copa de Futebol de Campo das Periferias e Distritos (Coquebrada), promovida pela Central Única das Favelas (Cufa) em Araguari. O desempenho no município lhe rendeu a alcunha de grande promessa do esporte local.

Neste sábado, 8, o araguarino entra em campo no estádio Conselheiro Galvão, no Rio de Janeiro. A partida, com transmissão ao vivo a partir das 9h30 pelo Sportv, abre as comemorações em alusão ao centenário do Madureira Esporte Clube.

Recentemente, em entrevista ao Jornal Gazeta do Triângulo, o avô de João Victor, João Paulo de Oliveira, defendeu a aposta em seu talento. Aos 58 anos, ele acompanha de perto a busca por uma oportunidade do neto como profissional.

Fornecedor de materiais da seleção brasileira doa equipamentos para os jogadores. Foto: Divulgação

Fornecedor de materiais da seleção brasileira doa equipamentos para os jogadores. Foto: Divulgação

“Há algum tempo, ele chegou a participar de um período extenso de treinamento no Cruzeiro, em Belo Horizonte, porém se machucou e teve de retornar. Estamos bastante felizes e esperançosos que Deus irá abençoar e olhar pelo seu futuro. Nosso compromisso é dar todo o apoio necessário e seguir de perto seus desafios”, ratificou.

Em Araguari, João Victor compõe o elenco da escolinha de futebol do Xodó Esporte Clube/Pé Menor, no bairro São Sebastião. Mesmo atuando como zagueiro em diversas ocasiões, sua vocação ofensiva impressiona aqueles que o acompanham.

PÉROLAS NEGRAS

Representando a seleção das favelas e periferias do Haiti, o Pérolas Negras faz parte do projeto “Viva Rio”. Criada em 2011, a equipe reúne crianças e adolescentes de alta vulnerabilidade social entre 10 e 17 anos. A busca pelo talento de jovens jogadores é o que determina a iniciativa.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: