Quinta-feira, 11 de Julho de 2024 Fazer o Login

Coluna: Radar (28/06)

sex, 28 de junho de 2024 09:06

BALÃO DE ENSAIO

Depois de movimentar essa semana os bastidores da política local, 24 horas depois, Tubertino Sena recuou da ideia de disputar a prefeitura de Araguari nas próximas eleições. Lembrando que ele já havia desistido da ideia, em meados de março, mesmo sendo o preferido do grupo do deputado Raul Belém.

 

FAZ PARTE

Para muitos do meio político, as movimentações dos bastidores da política também podem servir como jogadas e até mesmo como forma de sentir o cenário. Enquanto isso, a cidade passa por seguidas pesquisas que em sua maioria, servem apenas para medir como estão os pretensos candidatos.

 

TOPA TUDO

Marcos Coelho teria inclusive demostrado estar disposto em ser vice na eventual chapa de Tubertino. Com recuo, “Marcão” mantém a disposição do grupo para ser o nome na disputa.

 

FUNIL

Estava previsto para ontem uma reunião com deputado Raul Belém para definir, ou pelo menos chegar em um acordo, de quem será o candidato a prefeito e vice da oposição contra o pré-candidato a reeleição Renato Carvalho.

 

ENQUANTO ISSO…

Do outro lado, Renato Carvalho tem nova reunião com seu grupo essa semana para definir ajustes antes da convenção dos partidos que apoiam a pretensa candidatura à reeleição do atual prefeito.

 

DISPUTA INTERNA?

Se “Marcão” segue disposto, o mesmo pode-se dizer de Maria Belém, que ontem reafirmou ser pré-candidata a prefeita pelo PSD, mesmo partido de Marcos Coelho.

 

NAVALHA NA CARNE

Essa semana foi de muita reunião no Palácio dos Ferroviários e a pauta foi bastante indigesta para os secretários que receberam ordens do prefeito Renato Carvalho em realizar cortes drásticos nas despesas e até cancelamento de várias ações.

 

FALANDO EM GRANA…

Começou a chegar nas residências os carnes do IPTU 2024. A maioria já estava ansiosa para pagar.

 

ESTADO DE GRAÇA

Enquanto o governo do estado de minas está prestes em transferir o atendimento do 190 para Belo Horizonte, para reduzir despesas, as prefeituras seguem custeando despesas de combustível da frota. Em contrapartida, por conta desse convênio, as multas chegam nas residências em papel timbrado da prefeitura causando baita desgaste aos gestores dos municípios que pagam o pato.

2 Comentários

  1. Jasioney Ferreira disse:

    Ler a Coluna: Radar, é saber do todo em poucas palavras. Parabéns ao meu amigo Adriano pelo belo trabalho que realiza.

  2. Eliane disse:

    Tirando fora o Marcão e o Tubertino que são pessoas honestas, já imaginou a prefeitura lotada de ratos novamente, coitadinha da cidade. Agente tem que prestar muita atenção nos acompanhantes, PATO QUE ACOMPANHA GANSO MORRE AFOGADO. Se Deus quiser meu querido Prefeito Renato vai ser reeleito. Se não vai ter que colocar uma ratoeira com um queijo bem grande lá na porta da prefeitura.

Deixe seu comentário: