Terça-feira, 16 de Abril de 2024 Fazer o Login

Coluna: Radar (08/03)

sex, 8 de março de 2024 08:06

AZEITOU

Até então quieto, Tubertino Sena acabou movimentando, e muito, nos bastidores da política local no dia de ontem, com encontros e reuniões. Alguns detalhes podem definir se será pré-candidato a prefeito ou não, nas próximas eleições.

 

DEIXOU NO AR?

Diego Sena, filho de Tubertino, usou suas redes sociais ontem, para postar o livro, “Verdade, uma Chama que nunca se apaga”, com dedicatória do autor, Juberson dos Santos, “Jubão”, e ainda agradeceu o ex-vice-prefeito pelo café.

 

ÁGUA MOLE EM PEDRA DURA?

Se a prefeitura de Araguari é desejo de muitos, quem agradeceu e negou, mais uma vez, o convite para ser pré-candidato a prefeito, foi o empresário Silvio Presley Reis

(Badiao / União), que não se rendeu a uma certa “pressão” para entrar na vida pública.

 

EMPOLGOU

Outro que também chutou o balde essa semana foi Marcos Alvim, que em entrevista ao Programa Salada Mista, da Rádio Planalto, deixou claro que pode sim ser candidato a prefeito no próximo pleito, e garantiu estar se movimentando para isso.

 

FALANDO NISSO…

Mesmo que timidamente, o ex-vereador Alfredo Pastori mantém sua pré-candidatura a prefeito e, inclusive, já teria uma mulher bastante conhecida no meio político, especialmente por ter disputado eleições para deputada estadual e federal por Araguari, para compor sua chapa como vice.

 

PASTEL DE VENTO

Alguns partidos estão enfrentando muitas dificuldades para formar suas legendas de candidatos à Câmara Municipal.

 

ENCORPANDO

Quem vem ganhando muita força no cenário político nacional é o deputado federal Zé Vitor (PL), que nessa semana, participou de uma reunião, por horas, com a direção de seu partido e o deputado Nikolas Ferreira.

 

151 ANOS DEPOIS…

Sentença em Estrela do Sul, em ação proposta pela Promotoria, emitiu a certidão de óbito de Dona Beja, mediante registro tardio. Embora Dona Beja seja conhecida como araxaense, ela viveu mais de 30 anos em Estrela do Sul, onde faleceu com 73 anos, em 20 de dezembro de 1873. Deixou o testamento, mas não tinha certidão de óbito, questão que só agora foi suprida juridicamente. O túmulo de Dona Beja não foi transferido

para o atual cemitério, inaugurado na década de 30, desaparecendo em meio às construções.

 

EM TEMPO

Parabéns de hoje, da coluna, fica para o radialista Carlos Alves, da Rádio Planalto. Felicidades ao amigo!

AZEITOU

Até então quieto, Tubertino Sena acabou movimentando, e muito, nos bastidores da política local no dia de ontem, com encontros e reuniões. Alguns detalhes podem definir se será pré-candidato a prefeito ou não, nas próximas eleições.

 

DEIXOU NO AR?

Diego Sena, filho de Tubertino, usou suas redes sociais ontem, para postar o livro, “Verdade, uma Chama que nunca se apaga”, com dedicatória do autor, Juberson dos Santos, “Jubão”, e ainda agradeceu o ex-vice-prefeito pelo café.

 

ÁGUA MOLE EM PEDRA DURA?

Se a prefeitura de Araguari é desejo de muitos, quem agradeceu e negou, mais uma vez, o convite para ser pré-candidato a prefeito, foi o empresário Silvio Presley Reis

(Badiao / União), que não se rendeu a uma certa “pressão” para entrar na vida pública.

 

EMPOLGOU

Outro que também chutou o balde essa semana foi Marcos Alvim, que em entrevista ao Programa Salada Mista, da Rádio Planalto, deixou claro que pode sim ser candidato a prefeito no próximo pleito, e garantiu estar se movimentando para isso.

 

FALANDO NISSO…

Mesmo que timidamente, o ex-vereador Alfredo Pastori mantém sua pré-candidatura a prefeito e, inclusive, já teria uma mulher bastante conhecida no meio político, especialmente por ter disputado eleições para deputada estadual e federal por Araguari, para compor sua chapa como vice.

 

PASTEL DE VENTO

Alguns partidos estão enfrentando muitas dificuldades para formar suas legendas de candidatos à Câmara Municipal.

 

ENCORPANDO

Quem vem ganhando muita força no cenário político nacional é o deputado federal Zé Vitor (PL), que nessa semana, participou de uma reunião, por horas, com a direção de seu partido e o deputado Nikolas Ferreira.

 

151 ANOS DEPOIS…

Sentença em Estrela do Sul, em ação proposta pela Promotoria, emitiu a certidão de óbito de Dona Beja, mediante registro tardio. Embora Dona Beja seja conhecida como araxaense, ela viveu mais de 30 anos em Estrela do Sul, onde faleceu com 73 anos, em 20 de dezembro de 1873. Deixou o testamento, mas não tinha certidão de óbito, questão que só agora foi suprida juridicamente. O túmulo de Dona Beja não foi transferido

para o atual cemitério, inaugurado na década de 30, desaparecendo em meio às construções.

 

EM TEMPO

Parabéns de hoje, da coluna, fica para o radialista Carlos Alves, da Rádio Planalto. Felicidades ao amigo!

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: