Quinta-feira, 11 de Julho de 2024 Fazer o Login

Coluna: Radar (05/07)

sex, 5 de julho de 2024 11:52

REDUZIU

Dos seis nomes pretendentes na disputa pela prefeitura de Araguari (Marcão, Tubertino, Mazão, Marlos, Gorayeb, Maria Belém) que compõe o grupo político liderado pelo deputado Raul Belém, a informação é que restaram apenas dois nomes, Marcos Coelho e Maria Belém.

 

FALANDO NISSO…

Segundo apurado pela coluna, Maria Belém que está firme no seu desejo em disputar a prefeitura, só abriria mão caso fosse vice de Tubertino Sena, além disso, Dr. Fernando Gorayeb, não aceitou ser vice de nenhum dos nomes.

 

A BOLA TÁ COM RAUL

Sobre a decisão da escolha, a coluna apurou que Marcão, aguarda a decisão do deputado Raul Belém, o que deve acontecer em dez dias.

 

OUTRA VIA

Uma surpresa que pode surgir dentro do grupo do deputado, é a chegada de Fernanda Debs, que não faz parte do grupo do deputado, mas ambos vem falando nos últimos dias e Debs sinalizou positivo ao falar em aliança.

 

RESUMINDO

O prefeito Renato Carvalho faz os ajustes finais para realizar sua convenção partidária na condição de pré-candidato a reeleição. Lembrando que Marcos Alvim foi o último prefeito que conseguiu ser reeleito direto para o cargo.

 

DISPUTA INTERNA

Os partidos, REDE do ex-vereador Alfredo Pastori e o PSOL de Serginho de Jesus, são unidos por federação. Sendo assim, só um deles pode disputar a prefeitura. Até o momento, Pastori está saindo na frente, contando com Marlene Sardinha como vice na pretensa chapa ao Palácio. Pastori disse estar liberado de uma condenação na justiça que cassou seus direitos políticos.

 

NA GAVETA

A notícia é que toda semana, nos últimos dois meses, estão sendo realizadas pesquisas (não registradas) para saber como está o cenário político local.

 

FÔLEGO

Em tempos difíceis em termos financeiros, a prefeitura de Araguari começou a arrecadar com pagamentos do IPTU 2024. Os carnês estão sendo entregues aos contribuintes.

 

DIA DE FÚRIA

Um homem foi condenado pela Justiça a 12 anos de prisão por homicídio qualificado em Varginha, no Sul de Minas. Ele era acusado de ter matado, com um golpe de canivete, um conhecido só porque não teria cumprimentado ele.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: