Terça-feira, 16 de Abril de 2024 Fazer o Login

Cinco bairros de Araguari recebem mutirão contra a dengue

ter, 3 de dezembro de 2013 13:41
Equipes atuam na limpeza e recolhimento de materiais Foto: Divulgação

Equipes atuam na limpeza e recolhimento de materiais
Foto: Divulgação

P.J. GODOY – Um dos maiores problemas da saúde pública continua sendo combatido em Araguari. Mesmo com a chegada do período de chuvas, diversos moradores de cinco bairros do município se juntaram às equipes do departamento de Controle e Zoonoses para mais um mutirão contra a dengue.

Em todo o território mineiro, mais de 90 pessoas perderam a vida em decorrência da doença. Além disso, de acordo com o levantamento da secretaria de Estado de Saúde, a cidade de Uberaba registra a maior incidência, com 20 mortes até então. Em Araguari, as ações de combate ao mosquito transmissor dificilmente teriam sucesso se não fosse o apoio dos moradores.

Ao menos, é o que afirma o coordenador do departamento de Controle e Zoonoses da secretaria de Saúde, Wellington Colenghi. No último fim de semana, foi a vez dos residentes nos bairros Miranda, Paraíso, Sibipiruna, Santiago e Joquei Clube participarem da iniciativa.

“Tivemos uma boa atuação popular, principalmente no recolhimento de materiais. Também orientamos os moradores e alertamos para os locais e depósitos predominantes de criadouros do mosquito transmissor, com base nos dados do Lira (Índice de Infestação Larvária)”, disse.

Recentemente, um estudo do departamento de Zoonoses revelou os principais focos da doença, além de apontar 0.8% do Lira, o que representa um risco menor no município. Ainda assim, Wellington Colenghi alerta quanto aos devidos cuidados por parte dos populares.

“Em alguns casos, precisamos da participação dos serviços de Ação Social, pois certos moradores resistem às ações de combate ao mosquito transmissor, sem dar sequência às orientações”, ressaltou o coordenador, que ainda reiterou acerca dos riscos da doença.

“É importante que as pessoas tenham conhecimento dos riscos que a dengue pode causar. Sem os procedimentos corretos, qualquer morador está suscetível a doença, que é capaz de matar. O mosquito não escolhe credo, raça ou classe social, por isso todos devem estar atentos para os possíveis criadouros”, completou.

Conforme apurou a reportagem, os próximos mutirões de combate aos focos da dengue estão marcados para os dias 7 e 14 de dezembro, nos bairros Brasília, Fátima, Amorim, Aeroporto e Novo Horizonte. As ações também devem ser acompanhadas pelas equipes da secretaria de Serviços Urbanos, contribuindo para a limpeza dos referidos locais.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: