Terça-feira, 23 de Julho de 2024 Fazer o Login

Araguarino está entre novos promotores de Minas Gerais empossados nesta semana

qui, 6 de fevereiro de 2014 00:44
Novos promotores tomam posse  em Belo Horizonte. Foto: TJMG

Novos promotores tomam posse em Belo Horizonte. Foto: TJMG

 

DA REDAÇÃO – Os 31 candidatos aprovados no 53º concurso para ingresso na carreira do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) tomaram posse no cargo de promotor de Justiça substituto nesta segunda-feira, 3. Entre eles está o araguarino João Paulo Fernandes, 27 anos, filho do ex-deputado estadual Marlos Fernandes e da bancária Amélia Lúcia de Godoi Fernandes. A solenidade, ocorrida na Procuradoria-Geral de Justiça em Belo Horizonte, contou com a participação de autoridades mineiras e de familiares dos novos integrantes do MPMG.

A sessão solene de posse foi presidida pelo procurador-geral de Justiça de Minas Gerais, Carlos André Mariani Bittencourt. Um representante dos candidatos fez a leitura do Termo de Compromisso em nome dos demais. No documento, eles se comprometem a exercer o cargo de promotor de Justiça com dedicação e seriedade, sendo fieis às leis e promovendo a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis.

A saudação aos novos promotores de Minas ficou a cargo da procuradora de Justiça Maria Odete Souto Pereira. Em seu discurso, ela disse que as instituições são reflexos das pessoas que nela trabalham. E falando sobre a função que os empossados irão exercer a partir de hoje, ela declarou: “nessa difícil jornada encontramos várias pedras no caminho, mas nenhuma delas é irremovível”.

Dos 4 mil inscritos na primeira fase do concurso, considerado de extrema dificuldade e com apenas 33 selecionados, João Paulo Fernandes obteve o 5º lugar. Ele também conseguiu a aprovação para o MP de São Paulo e para a fase oral do concurso de Juiz de Direito no Paraná.

O interesse pelas ciências humanas o levou a optar pelo Direito.  Formou-se aos 23 anos, na Universidade Estadual Paulista – Unesp. Enquanto se preparava para concursos da área, se especializou em Direito Constitucional, além de atuar como advogado no município por quatro anos.

2 Comentários

  1. Carmen Lúcia de Aguiar Tavares disse:

    Eu sempre soube que logo, logo o João Paulo iria chegar onde chegou…
    Inteligente, esforçado e com o perfil de um Promotor de Justiça…
    Perde a Ordem dos Advogados do Brasil, Seção Minas Gerais, Subseção Araguari…
    Ganha o Ministério Público de Minas Gerais!
    Parabéns, meu pupilozinho da OAB Jovem da nossa Subseção!
    Tenho muito orgulho de você!

  2. Luciano disse:

    Parabéns ao João Paulo não só por esta conquista mas também pela excelente pessoa que é a humildade que tem, Parabéns é mais que mereçedor de conquistas.

Deixe seu comentário: