Sábado, 20 de Julho de 2024 Fazer o Login

Araguari registra 3669 casos prováveis de dengue em 2024

ter, 12 de março de 2024 08:06

Da Redação

Dengômetro, troca de materiais inservíveis por material escolar
Divulgação

No dia 11, a Secretaria de Estado de Saúde publicou um Boletim Epidemiológico de Monitoramento dos casos de dengue, chikungunya e zika. Conforme as informações, até esse dia foram registrados 514.830 casos prováveis (casos notificados fora os descartados) de dengue, sendo que 185.690 casos foram confirmados para a doença. Até o momento, há 66 óbitos confirmados por dengue no estado e 308 estão sendo investigados.

Com relação à chikungunya, foram apontados 50.115 casos prováveis, sendo 31.563 confirmados. Até o momento, 20 óbitos foram confirmados por chikungunya no estado e 20 estão em investigação.

Quanto à zika, foram registrados 98 casos prováveis e sete foram confirmados. Não há óbitos confirmados ou investigação por zika em Minas Gerais.

Ainda, conforme a Secretaria de Estado de Saúde, em Araguari, até o dia 11, foram registrados 3669 casos prováveis dengue, 641 de chikungunya. Até o momento, não há nenhum óbito confirmado para essas doenças no município.

Para evitar a proliferação do Aedes aegypti, no dia 9, a Prefeitura de Araguari, através da Secretaria de Saúde, por intermédio do setor de Zoonoses realizou um Mutirão de Combate à Dengue nos bairros Madri, Monte Moriá, Portal de Fátima I e II e Bela Suíça I, II e III. Dentre as ações estava: dengômetro e visitas domiciliares, apoiadas pela Defesa Civil e a Secretaria de Meio Ambiente.

De acordo com a coordenadora do setor de Zoonoses, Maria de Fátima, o mutirão foi positivo. “Retiramos muito lixo, quase 200 toneladas. Continuamos com o mesmo pedido de sempre, para que a população nos ajude, não depositando lixo nos terrenos. Sábado limpamos um local e na segunda-feira o agente retirou 6 sacos de inservíveis e um pneu no mesmo lugar”, disse.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: