Quinta-feira, 11 de Julho de 2024 Fazer o Login

Araguari criou 938 empregos com carteira assinada em janeiro

sáb, 22 de fevereiro de 2014 01:17

SAMARA ARRUDA – O mercado de trabalho em Araguari registrou, em janeiro deste ano, em torno de 938 contratações, uma ligeira alta se comparado ao mesmo período em 2013, quando foram computados 829 novos contratos de trabalho. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), ligado ao Ministério do Trabalho, divulgado nesta quinta-feira, 20.

Os dados ainda estão sem ajuste, ou seja, não foram consideradas as informações enviadas fora do prazo pelas empresas, entretanto, Araguari volta a figurar no 44º lugar na evolução do emprego formal em municípios com mais de 30 mil habitantes.

O comércio foi o único setor da economia que fechou vagas de trabalho em janeiro, de acordo com o Caged. Ao todo foram 262 desligamentos, contra 210 admissões. A redução nos postos, segundo o Ministério, se deu em função do período de movimento mais fraco no varejo.

Os demais setores tiveram um aumento considerável, com destaque para a agropecuária, com 130 admissões; seguida pela construção civil com 176 contratações e o setor de serviços com 199. A indústria de transformação teve um saldo negativo, encerrando o mês com 207 admissões e 238 demissões.

No total, o município registrou 11.275 admissões em 2012, resultando num saldo positivo de 632. No ano passado, tanto o número de contratações quanto o de desligamentos tiveram uma diminuição, entretanto, as contratações em 2013 foram superiores aos anos de 2011 e 2010.

O CAGED foi instituído pela lei nº 4.923/65, e divulga mensalmente dados de estudos vinculados ao mercado empregatício. Além disso, também é uma ferramenta para o programa Seguro-Desemprego, com a finalidade de conferir dados das ligações trabalhistas e demais oportunidades.

Minas Gerais

O estado de Minas Gerais criou 10.455 empregos com carteira assinada. Em números absolutos, esse resultado foi o segundo maior da série histórica do CAGED, sendo superado apenas pelo ocorrido em 2005, quando se verificou a criação de 11.806 empregos. O setor de Serviços gerou um número maior de postos de trabalho, foram 4.446. A Construção Civil seguiu a trajetória de alta de todo o país e também registrou o maior percentual de crescimento 4.006 postos.

Brasil

Seguindo o ótimo desempenho na geração de empregos de 2007, o mês de janeiro obteve resultado recorde com a criação de 142.921 postos com carteira assinada em todo o país. Em comparação a janeiro de 2007, a alta foi de 35,5%.
tabela caged
Fonte: Tabelas CAGED

1 Comentário

  1. GILCIMAR R. MARTINS disse:

    Essa variação em relação ao ano passado não pode ser considerada uma ligeira alta, vocês estão falando de um aumento de 13,15%, que em números absolutos (109) pode ser considerado pequeno, mas em números relativos, o aumento é significativo. Uma ligeira alta, seria um aumento pouco expressivo ou até mesmo insignificante.

Deixe seu comentário: