Terça-feira, 23 de Julho de 2024 Fazer o Login

Aposentada é estuprada e assaltada dentro de casa em Araguari

ter, 18 de julho de 2023 08:00

Da Redação

Produtos apreendidos com os envolvidos
** Batalhão de Polícia Militar

Mais um crime covarde foi registrado na cidade. Na manhã de sábado, 15, uma aposentada de 65 anos foi aterrorizada por marginais dentro da sua própria casa, na região do bairro Santiago, depois que dois autores armados com um revólver pularam o muro. No local, vários pertences foram roubados. Não bastasse isso, abusaram sexualmente da vítima.

 

Segundo relatado na ocorrência da Polícia Militar, a aposentada foi surpreendida por um autor magro, alto, cor negra, cobrindo o rosto com capuz, e outro, magro, cor branca, rosto tatuado e arma em punho. Ela foi levada para um quarto, onde um dos criminosos cometeu o estupro, enquanto o comparsa revirava o imóvel e recolhia vários pertences.

 

Depois de quase 30 minutos no local, a dupla fugiu em um Fiat/Uno Mille EP, cor vermelha, ano 96, levando joias, semijoias, dinheiro, cartões e telefones celulares. Antes, ameaçaram a aposentada para que fizesse transferências bancárias via PIX, não logrando êxito.

 

Ao tomar conhecimento do ocorrido, a PM realizou diligências, inclusive analisando câmeras de segurança próximas à residência atacada e chegou até um infrator contumaz na prática de delitos, no bairro Independência. Lá, o pai dele, 50 anos, correu para o interior do imóvel e tentou dispensar uma mochila, cor preta, que o filho havia deixado. Nela, estavam alguns produtos do roubo, roupas usadas no ataque e uma máscara.

 

Os policiais deram voz de prisão em flagrante ao suspeito, que reagiu com socos, sendo necessário utilizar técnicas de imobilização e algemação. Ele teria afirmado que após deixar a mochila, seu filho saiu com outro rapaz num Fiat/Uno.

 

Os dados do veículo foram compartilhados no sistema integrado, sendo apurado que estava circulando na cidade de Uberlândia, onde foi abordado no bairro Dom Almir, ainda no sábado. O carro era ocupado pelos suspeitos, que assumiram autoria dos fatos em Araguari, de acordo com a Polícia Militar. Eles tinham um cartão de crédito em nome da vítima, dinheiro e materiais que adquiriram com o cartão da aposentada.

 

Uma das compras foi feita pouco depois do crime, numa loja na avenida Coronel Theodolino Pereira de Araújo, segundo registrado pelas câmeras de segurança do estabelecimento.

 

O adolescente, que também portava um tablete de substância análoga à maconha, levou os militares até sua casa e mostrou onde havia escondido a arma do ataque, encontrada no telhado ao lado da caixa de água. O revólver Taurus, calibre 38, tinha quatro munições intactas.

 

Os autores foram levados à delegacia de plantão da Polícia Civil, sendo autuados em flagrante por roubo à mão armada, estupro de vulnerável e porte de drogas. Há suspeita do envolvimento deles em outros recentes ataques criminosos na cidade. O automóvel foi removido para um pátio credenciado pelo Detran.

 

A vítima passou por cuidados médicos na Santa Casa.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: