Quarta-feira, 10 de Julho de 2024 Fazer o Login

Ana Cabral é escolhida industrial do ano pela FIEMG

seg, 27 de maio de 2024 19:07

Ana Cabral, CEO da Sigma Lithum, é a homenageada da Federação das Indústrias de Minas Gerais como a industrial do ano. A condecoração, com o tema “Atitudes que inspiram transformação”, faz parte das celebrações do Dia da Indústria e foi entregue em 23 de maio, no Minas Centro, em Belo Horizonte.

A motivação da Fiemg para o Mérito Industrial do Ano traduz a gestão de Ana Cabral à frente do sexto maior complexo industrial produtor de lítio do mundo. Ela partiu de um investimento em tecnologia de ponta, soluções inovadoras e as melhores práticas sustentáveis ao implantar no Vale do Jequitinhonha uma cadeia produtiva em sintonia com os desafios do século XXI. Sua gestão é orientada pela transformação social e a preservação ambiental, para conduzir uma indústria que colocou Minas e o Brasil em posição relevante do fornecimento de materiais essenciais a uma transição energética justa e inclusiva.

Levar desenvolvimento e prosperidade à região do Vale, uma das regiões de menor IDH de Minas Gerais, inspirou o empreendimento, que criou mil empregos diretos e 13 mil indiretos. A empresa foi buscar mão de obra entre os moradores da região que, em busca de trabalho, haviam sido forçados a deixar suas cidades. Com o programa “Volta ao Lar”, mais de 80% dos empregados são da população local. Um programa de microcrédito, o “Dona de mim”, já permitiu a duas mil mulheres ter seus pequenos negócios e aumentar a renda familiar. A meta é chegar a dez mil mulheres. Agricultores familiares foram beneficiados com 2 mil estruturas para irrigação. Três mil caixas d’água estão sendo entregues às comunidades.

A sustentabilidade ambiental está no DNA da Sigma. Graças a inovações tecnológicas e investimentos, a companhia produz o Lítio Verde Quíntuplo Zero, produto único no mundo: zero uso de químicos nocivos, zero carbono, zero uso de água potável, zero uso de energia a carvão e sem barragem de rejeitos.

O método preserva as águas do Ribeirão Piauí, ao captar água com esgoto do Rio Jequitinhonha, que é 100% recirculada. O processamento é feito numa planta Greentech, que oferece ao mercado global um lítio pré-químico purificado para as baterias de veículos elétricos. A produção anual da Sigma é de 270 mil toneladas e caminha para dobrar, com uma expansão já em curso.

Em cerca de um ano de operação, os resultados são visíveis: o crescimento econômico da região do Vale no período foi de mais de 20%, o mais alto de Minas Gerais.

O prêmio da Fiemg é um reconhecimento à gestão de Ana Cabral na Sigma Lithium, que estabeleceu um novo padrão na indústria do lítio, com tecnologia, sustentabilidade e transformação social.

Fonte: SINDIJORI MG

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: