Quarta-feira, 17 de Abril de 2024 Fazer o Login

Academia ao ar livre em Amanhece é depredada pela terceira vez

ter, 14 de janeiro de 2014 01:51
Os moradores do distrito estão indignados com os atos de vandalismo. Foto: Divulgação

Os moradores do distrito estão indignados com os atos de vandalismo. Foto: Divulgação

DA REDAÇÃO – Além da academia, criminosos tem agido com depredação no parque infantil e deixado os moradores de Amanhece indignados com a maldade cometida nas madrugadas.

O último ato de vandalismo aconteceu em outubro do ano passado. Na época, a reportagem foi informada sobre a situação pela equipe da secretaria de Obras, que no mesmo mês promoveu trabalho de revitalização e a comunidade local voltou a usufruir das atividades de lazer e esporte.

Conforme informações do subsecretário de Obras Renato Cunha, os autores que praticaram o crime na madrugada de domingo destruíram diversas peças e vários equipamentos estão sem condições de uso. Desta vez, ele informou que o serviço será oferecido apenas depois que houver reforço do policiamento. “O funcionamento retornará após a Polícia Militar oferecer as medidas de segurança necessárias para que o problema não ocorra novamente”, explicou Renato Cunha.

Segundo ele, a população tem sofrido diariamente com os transtornos causados por marginais, e os próximos passos serão feitos por meio de reivindicações do Executivo ao trabalho mais efetivo de segurança dentro do distrito.

Parecer da Polícia Militar

A reportagem do Jornal Gazeta do Triângulo entrevistou o capitão Magno, que informou sobre as ações da PM em Amanhece. Segundo ele, guarnições da PM têm trabalhado diariamente no distrito, mas a população também precisa colaborar. “A comunidade precisa ajudar, denunciando imediatamente estes atos”, alertou.

Indagado sobre a instalação de posto policial, o militar disse que o 53º Batalhão de Polícia Militar está estudando a possibilidade e as medidas que ainda precisam ser tomadas para que o projeto seja colocado em prática.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: