Terça-feira, 09 de Julho de 2024 Fazer o Login

População reclama e andarilhos são retirados do Ginásio Poliesportivo

ter, 14 de janeiro de 2014 01:43

A previsão é que a licitação do projeto seja iniciada até meados de 2014

A praça de esportes está totalmente abandonada. Foto: Gazeta do Triângulo

A praça de esportes está totalmente abandonada. Foto: Gazeta do Triângulo

SAMARA ARRUDA – Em meio às constantes reclamações de moradores do entorno do Ginásio Poliesportivo General Mário Brum Negreiros, o secretário de Esportes Maurício Ramos encaminhou os andarilhos aos cuidados da secretaria de Trabalho e Ação Social. Interditado há seis anos, o complexo esportivo se transformou em moradia e abrigo de moradores de rua e dependentes químicos, deixando a comunidade local e pessoas que transitam na região com a sensação de insegurança.

Em entrevista à reportagem, o secretário comentou que esta situação será revertida com a retomada da reforma. “Sabemos dos constrangimentos da comunidade com relação às pessoas que estavam dormindo ali. Para isso foram encaminhadas para a secretaria de Ação Social. Para amenizar a situação, também lacramos todas as portas que dão acesso ao interior do prédio. É impossível evitar que elas voltem, mas estamos trabalhando para que as obras sejam retornadas em breve,” contou o secretário.

No dia 20, a secretaria de Planejamento pretende entregar o projeto para a Caixa Econômica Federal, que irá novamente verificar as adequações para a retomada das obras. “Em uma reunião com o prefeito e demais secretários, pedi que esta etapa seja feita em caráter de urgência, para que o processo de licitação seja iniciado o quanto antes,” comentou o secretário.

Segundo o secretário de Planejamento, Nilton Eduardo Castilho, a demora na entrega do Ginásio é resultado de uma série de fatores, como a falta de funcionalismo e acessibilidade. “O complexo foi fechado em 2009 para reforma. Quando assumimos, constatamos que o projeto da primeira etapa estava incorreto e não atenderia aos anseios da comunidade. Durante o ano passado contratamos a empresa para fazer o projeto e realizamos várias discussões a cerca do que poderia ser feito. Entretanto tivemos que readequar novamente a documentação,” comentou Nilton Eduardo.

Para ele, a revitalização do Ginásio é uma preocupação da prefeitura, pois se trata de um espaço público. ”Nesta etapa vamos corrigir e recuperar a cobertura do Ginásio, além de trocar o piso para que práticas esportivas sejam realizadas no local. Vamos dar condições de acessibilidade, através de um elevador e readequar as entradas. A previsão desta obra vai de seis a oito meses,” ressaltou.

O secretário garantiu que até o mês de abril o processo licitatório estará em andamento.  Após a entrega do projeto, a Caixa tem até 30 dias para analisar e dar seu parecer.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: