Quarta-feira, 10 de Julho de 2024 Fazer o Login

2ª Conferência Estadual das Mulheres Advogadas da OAB-MG

qua, 26 de junho de 2024 13:07

Empreendedorismo feminino, igualdade salarial, desafios da mulher no mercado de trabalho e a carreira da mulher advogada. Esses são apenas alguns dos temas abordados nesta sexta-feira, durante o segundo dia da 2ª Conferência Estadual das Mulheres Advogadas , que acontece no Centerminas Expo, em Belo Horizonte. O evento, promovido pela OAB-MG por meio da Comissão de Mulheres Advogadas, é um espaço para debates e reflexões sobre a posição das mulheres no campo jurídico. Tem como objetivos refletir sobre os desafios enfrentados pelas mulheres no campo jurídico, além de discutir estratégias para promover a igualdade de oportunidades e o fortalecimento da presença feminina na advocacia. O encontro reuniu mais de mil conferencistas.

Nesta sexta-feira, a programação foi intensa com em 12 painéis e 4 oficinas. Um dos primeiros painéis do dia, marcado para às 09:00 horas, abordou o tema empreendedorismo feminino. Este painel contou com as presenças de Rafaela Nejm, sócia conselheira do Grupo Supernosso e Renata Salvador, vice-presidente comercial e de marketing da rede Mater Dei Saúde, como palestrantes, como presidente de mesa Valéria Lemos, diretora secretária adjunta da Caixa de Assistência da Advocacia Mineira e como relatora, Mariane Andréia Cardoso, Conselheira Seccional da OAB-MG.

O segundo painel do dia, ocorrido no auditório 3, discutiu igualdade salarial e desafios da mulher no mercado de trabalho. As palestrantes foram Suzana Fagundes, diretora executiva da Localiza e Alessandra Camarano, advogada trabalhista e ex-presidente da Associação Brasileira de Advogados Trabalhistas (ABRAT).

A 2ª Conferência Estadual das Mulheres Advogadas é um evento essencial para discutir e estimular a igualdade de gênero no campo jurídico, oferecendo um espaço de reconhecimento e fortalecimento para todas as mulheres na advocacia. Durante todo o dia foram debatidos os seguintes temas: a estruturação e aceleração de carreira da mulher advogada; a carreira jurídica da mulher negra; conciliando carreira e maternidade; alavancando a carreira através do marketing, entre outros. Além das palestras ocorreram oficinas sobre defesa das prerrogativas da mulher advogada na prática; oratória, comunicação e linguagem para mulheres advogadas – soltando a voz da advocacia feminina; gestão financeira para mulheres e posicionamento digital: usando as redes sociais ao seu favor.

Fonte: SINDIJORI MG

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: