Terça-feira, 09 de Julho de 2024 Fazer o Login

Vereador luta com autor de crime e é esfaqueado

qua, 27 de novembro de 2013 01:15

Agressor de Cláudio Coelho será indiciado por homicídio tentado

Por pouco o vereador não perdeu a vida na manhã de ontem Foto: Gazeta do Triângulo

Por pouco o vereador não perdeu a vida na manhã de ontem. Foto: Gazeta do Triângulo

ADRIANO SOUZA – Por pouco o vereador Cláudio Coelho Pereira (SDD) não perdeu a vida na manhã de ontem, quando se envolveu em luta corporal com um homem que teria entrado numa residência na madrugada do último sábado, e roubado diversos itens como, aproximadamente mil e seiscentos reais em dinheiro, roupas, calçados e um notebook.

A reportagem da Gazeta do Triângulo esteve com o vereador após o fato e ouviu a sua versão. Ele contou ter recebido uma ligação de amigos pedindo ajuda para encontrar Carlos Eduardo, que teria sido o autor do furto e que por sinal, tem parentesco com a vítima.

Coelho disse que meses atrás, a família também havia sido vítima de furtos envolvendo Carlos Eduardo, que, segundo ele, é usuário de entorpecentes.

“Assim que recebi a ligação, estive na residência dessa família pela qual tenho o maior carinho, e eles me pediram para encontrar Carlos Eduardo, que é parente deles, para convencê-lo a devolver os pertences. Encontrei o rapaz, que estava acompanhado por outro homem, e como o conheço, parei e pedi que devolvesse os produtos furtados. Fui agredido e surpreendido quando ele arrancou uma faca e me golpeou na direção do peito. Tive a sorte de desviar o corpo e a faca acabou entrando próximo ao meu ombro”, contou Coelho que acionou a Polícia Militar e em seguida foi socorrido.

Recuperando-se de uma cirurgia complicada no joelho e com dificuldades na locomoção, Cláudio Coelho revelou que ao ser atendido, os médicos relataram que por pouco ele poderia ter morrido.

Horas depois do ocorrido, a reportagem recebeu a ligação do delegado da 4ª DRPC, Fernando de Campos Storti. Este informou que o caso está nas mãos do delegado Rodrigo Luís Fiorindo Faria, e que eles ouviram Carlos Eduardo.

O autor foi detido com a faca e, confessou que foi utilizada para ferir o vereador, porém, negou a autoria do furto.

“Mesmo não confessando, conseguimos reaver o notebook furtado da família. O delegado Rodrigo Luís irá indiciar Carlos Eduardo por homicídio tentado, pois segundo ele, a intenção era de matar a vítima, que conseguiu desviar do golpe”, declarou Fernando Storti.

Ainda de acordo com o delegado, Carlos Eduardo foi encaminhado ao Presídio de Araguari e se encontra à disposição da Justiça.

Foto: Arquivo

Delegado Rodrigo Luís entende que alvo do autor seria o coração do vereador.
Foto: Arquivo

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: