Domingo, 21 de Abril de 2024 Fazer o Login

Vereador sugere implantação de hidrantes no município

sex, 7 de março de 2014 02:11
Escassez de equipamentos dificulta o combate aos incêndios. Foto: Gazeta do Triângulo

Escassez de equipamentos dificulta o combate aos incêndios. Foto: Gazeta do Triângulo

P.J. GODOY – A falta de hidrantes em Araguari gerou uma mobilização na Câmara Municipal. Em sessão nesta quinta-feira, 6, o vereador Wesley Lucas de Mendonça (PPS) apresentou um requerimento, solicitando a ampliação da quantidade de equipamentos existentes no município.

Em todo o perímetro urbano, apenas seis hidrantes estão em funcionamento. Encontradas na avenida Coronel Theodolino Pereira de Araújo, praças Farid Nader e Sérgio Pacheco, bairro Paraíso e nas proximidades do Jardim Regina, as instalações se tornam primordiais para o combate ao incêndio. Ainda assim, setores de alto risco permanecem sem contar com o serviço.  É o que aponta o sargento do 8º Pelotão de Bombeiros Militar, Lucenildo Batista Alves.

“Realmente vivenciamos uma falta muito grande, principalmente no Distrito Industrial, onde não há nenhum hidrante. No caso dessa região, onde existe um alto risco de incêndio, enfrentamos ainda mais dificuldades para solucionar a situação. Não precisamos ir longe para vermos cidades mais evoluídas nesse ponto, como em Uberlândia e até Ituiutaba, que embora seja menor do que Araguari, conta com 30 pontos distribuídos”, destacou.

Atualmente, o Corpo de Bombeiros aguarda a chegada de um novo caminhão para auxiliar no serviço. Apesar disso, segundo o comandante Luís Donizete Silva, a implantação de novos hidrantes é fundamental para o sucesso dos trabalhos.  Há seis meses no município, o tenente do 8º Pelotão defende a proposta.

“O hidrante é imprescindível para o combate ao incêndio. Se não tivermos local de abastecimento do veículo, a operação fica bastante comprometida. Por isso, esperamos que esse pedido seja atendido, pois além de facilitar o nosso trabalho, será um grande bem para a população”, afirmou.

Proponente da iniciativa, o vereador Wesley Lucas confia em um retorno positivo, mesmo com o alto custo dos equipamentos. “Cobrei a implantação e sugeri que os hidrantes sejam colocados em cada local onde haja bateria da SAE (Superintendência de Água e Esgoto). São dezenas espalhadas pela cidade e facilitaria bastante, principalmente pela diminuição dos custos. Vamos aguardar a resposta, mas temos que ficar atentos a essa situação, antes que aconteça algo mais grave ocasionado pela falta de condições suficientes no atendimento”, ressaltou.

Conforme apurou a reportagem, uma nova proposta deve ser apresentada em breve pelo Legislativo, a fim de garantir a manutenção dos hidrantes em funcionamento. Recentemente, um equipamento no Distrito Industrial deixou de ser utilizado pelo desgaste natural.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: