Terça-feira, 16 de Abril de 2024 Fazer o Login

Vereador promove Audiência Pública no intuito de buscar apoio ao trabalho de Conselheiros Tutelares

ter, 25 de março de 2014 00:00
Vereador Wesley Lucas de Mendonça em reuni ão com a equipe do Conselho Tutelar. Foto: Arquivo

Vereador Wesley Lucas de Mendonça em reuni
ão com a equipe do Conselho Tutelar. Foto: Arquivo

MEL SOARES – No dia 13 de março, o vereador Wesley Lucas de Mendonça (PPS) se reuniu com a equipe do Conselho Tutelar para discutir a respeito da qualidade de seus serviços e as medidas que precisariam ser tomadas para melhorar este atendimento.

Nesta reunião, o vereador percebeu a necessidade de apoio a classe, e marcou audiência pública, que acontece nesta quarta-feira, 26 às 15h, no Plenário da Câmara Municipal contando com a participação de diversos segmentos, dentre eles, secretaria de Trabalho e Ação Social, Polícias Militar e Civil, Ministério Público e Judiciário.

Falta de apoio de alguns setores foram as principais reivindicações dos servidores, que trabalham em sistema de plantão, para acompanhar os menores de idade em diversas situações como abandono de incapaz e infrações cometidas por eles.

Segundo ressaltado durante a reunião, a falta de abrigo para os menores ao cometer um delito tem resultado em sobrecarga de trabalho, através de responsabilidades que não competem aos conselheiros.

Conforme informações, para minimizar o problema, há aproximadamente um ano, o Ministério Público entrou com ação judicial contra o município para instalação de casa destinada a infratores menores de idade.

Após ouvir as queixas, elucidadas em reunião, o vereador propôs a realização da audiência pública. “O meu objetivo é discutir e buscar melhores condições para a dinâmica de trabalho dos Conselheiros Tutelares que enfrentam dificuldades no que se refere ao menor infrator”, destaca.

De acordo com o vereador, a pauta central será sobre o projeto 026/2014, que autoriza a celebração de convênio com a associação do Bem-Estar do Menor de Araguari, cuja finalidade é implantar a casa de passagem, visando cumprir o Termo de Ajuste de Conduta homologado judicialmente pela juíza da Vara da Infância e da Juventude da Comarca de Araguari.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: