Sábado, 24 de Fevereiro de 2024 Fazer o Login

Usina de reciclagem é destaque em obras para o desenvolvimento ambiental

sex, 11 de julho de 2014 03:43
Projetos começam a se tornar realidade no município
Equipes iniciam serviços para a construção de usina de reciclagem.  Foto: Divulgação

Equipes iniciam serviços para a construção de usina de reciclagem. Foto: Divulgação

DA REDAÇÃO – Há pouco mais de um mês, pessoas de diversos cantos do planeta se misturavam pelo Dia Mundial do Meio Ambiente. Celebrada em 5 de junho, a data é difundida anualmente a fim de propagar a preservação e a valorização da natureza. Ainda assim, em Araguari, julho de 2014 também será marcado por um novo cenário no desenvolvimento ambiental.

Recentemente, o prefeito Raul Belém (PP) anunciou uma série de projetos com a premissa de suprir deficiências e ampliar a capacidade do serviço de meio ambiente. Essa semana, as iniciativas começaram a se tornar realidade.

Com recursos parciais do Somma Eco, do governo estadual, as propostas ganharam novas proporções, sendo executadas em diferentes pontos do município. Entre as principais obras, está a construção de uma usina de reciclagem.

Avaliada em R$ 871,7 mil, a usina será instalada ao lado do Cemitério Park, nas proximidades do bairro Palmeiras do Império. De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Cristiano Carvalho, a expectativa é que a iniciativa seja concretizada ainda este ano.

“Assim, daremos a destinação ambiental correta aos restos de materiais de construção que são espalhados sem controle pela cidade. Felizmente, estamos com cinco obras em execução para aprimorar os trabalhos no município. A expectativa é que a usina seja entregue em cinco meses”, afirmou o secretário, que reiterou acerca da construção de seis Unidades de Recebimento de Pequenos Volumes (URPV’s), com investimento de R$ 539,9 mil.

“Estamos com um conjunto de obras em andamento destinadas à proteção ambiental. Essas unidades não são lixões. Os restos de materiais de construção que chegam ao local vão direto para um caminhão que levará para a usina que está em construção”, completou.

A previsão é que a obra esteja pronta dentro de três meses. Depois disso, o governo deve inaugurar um Ecoponto, onde serão destinados os pneus velhos recolhidos por empresas encarregadas de fazer sua reutilização.

Outra proposta a ser executada é a ampliação do galpão da Associação dos Catadores de Material Reciclável de Araguari (Ascamara), dobrando a capacidade do serviço. Resultado de um investimento de R$ 501,9 mil, a obra deve ser consolidada em cinco meses.

Além dos projetos sob o respaldo dos governos municipal e estadual, outra iniciativa para o desenvolvimento ambiental é a construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), com recursos federais na casa dos R$ 34 milhões.

NOVO ENDEREÇO

Outra novidade anunciada essa semana é a mudança do endereço da sede da secretaria de Meio Ambiente, que passa a atender no complexo do Palácio dos Ferroviários durante os próximos oito meses, período em que a pasta aguarda por um novo espaço a ser inaugurado.

1 Comentário

  1. Bruninho disse:

    Eu quero saber o que tranforma esse emtulho de construção civil tipo da pra fazer o po de cimento ou argila pra fazer telhas ou as britas saum aproveitadas m respondem???

Deixe seu comentário: