Segunda-feira, 20 de Maio de 2024 Fazer o Login

União Esporte Clube é bicampeão amador

ter, 3 de dezembro de 2013 14:51

Verdão vence Final dramática e reconquista o título 20 anos depois

União realizou a melhor campanha e mereceu o título. Foto: Gazeta do Triângulo

União realizou a melhor campanha e mereceu o título. Foto: Gazeta do Triângulo

 

Numa das melhores decisões dos últimos tempos em Araguari o União Esporte Clube ganhou do Grêmio Futebol Clube, por 5 a 4, nas cobranças de penalidades máximas, e conquistou o título do Amadorão 2013. O Verdão tinha sido campeão uma única vez, em 1993.

No tempo normal, o Grêmio venceu por 3 a 2, marcando o gol decisivo nos últimos segundos dos acréscimos. O resultado forçou os pênaltis, pois o adversário havia saído com a vitória na primeira partida por 1 a 0.

A equipe do bairro Novo Horizonte obteve seu segundo vice-campeonato na temporada. Na Copa Araguari, tinha perdido para o Mauá, também na disputa de tiros livres da marca penal.

Para chegar ao bicampeonato, o Verdão conquistou 14 vitórias, 3 empates e 5 derrotas, 49 gols feitos e 29 sofridos. Teve 55 cartões amarelos e apenas cinco vermelhos. Seu artilheiro foi Willian Feio, com 12 gols.

Foi o terceiro título dos bairros Brasília e Maria Eugênia em 2013. O Brasília foi campeão do Interbairros e da Segunda Divisão.

Torcida lotou o estádio no domingo Foto: Gazeta do Triângulo

Torcida lotou o estádio no domingo
Foto: Gazeta do Triângulo

O JOGO

O time de Zé Ovídio não quis nem saber. Foi para cima do rival e jogou melhor na metade do primeiro tempo. Criou várias chances e uma delas originou o gol do meia Reniton, aos 26 minutos.

O Grêmio reagiu logo depois, aos 30. O artilheiro Mateus (18 gols no campeonato), deixou tudo igual. No apagar das luzes, Mancuso ainda virou o marcador.

A etapa final foi espetacular, lá e cá. Aos 7, ele de novo, Reniton, levou a torcida do Verdão à loucura. O tempo foi passando e as equipes perdendo chances. Os goleiros Adilson e Cascão apareceram bem. Porém, nos últimos segundos, quando Cléber Martins se preparava para encerrar o jogo, Rodrigo Passos chutou sem muita força e Cascão aceitou.

O título que era certo parecia escapar, até porque na primeira batida dos pênaltis, David isolou a bola. O Grêmio marcou com o capitão Gustavo e saiu na frente.

Depois disso, Carlos Victor, Maurício Sícari, Maurício Júnior, Linekker e Willian Feio converteram com precisão. Cascão – aquele que pegou muito nos 90 minutos, mas foi infeliz no final, começou a mudar a história. Barrou a batida de Clayton Lucas. Fechando a série, Giraia e Mancuso fizeram.

Nas cobranças alternadas, foi a vez de o União ficar em vantagem, com Reniton. Depois disso, todos os olhares ficaram para Cascão e o artilheiro do campeonato. O atacante Matheus parecia tenso diante do jovem goleiro. Ele bateu e Cascão pegou. A emoção tomou com a confirmação do título para o clube de melhor campanha.

UNIÃO: Cascão, Maurício Júnior, Fernando, Nelsinho, Léo; Moisés, Danilo, Willian Júnior, Reniton; Giraia e Márcio Ramos Júnior. Entraram: Juninho Groselha, Carlos Victor, David e Willian Feio. Técnico: Zé Ovídio.

GRÊMIO: Adilson, Maurício Sícari, Thiago Carvalho, Gustavo, Jefferson; Ailton, Washington, Linekker, Mancuso; Luisinho e Matheus. Entraram: Paulo Ricardo, Clayton Lucas, Rodrigo Pasos, Curiango e Giná. Técnico: Robson Anselmo.

ARBITRAGEM: Cléber Martins Cardoso, auxiliado por Thiago Salvador, Luiz Fernando Fernandes, Cláudio Eduardo e José Vicente Gomes Naves.

AMARELOS: Léo, Moisés, Willian Júnior, Reniton e Márcio Ramos Júnior (UNI); Linekker e Luisinho (GRE).

EXPULSÃO: Moisés (UNI), 32 minutos do segundo tempo.

ARRECADAÇÃO: 1.200 ingressos vendidos, renda de 3.600 reais.

Momento mais esperado pelo Verdão Foto: Gazeta do Triângulo

Momento mais esperado pelo Verdão
Foto: Gazeta do Triângulo

 

Cascão minutos antes de defender o pênalti mais importante da sua carreira. Foto: Gazeta do Triângulo

Cascão minutos antes de defender o pênalti mais importante da sua carreira. Foto: Gazeta do Triângulo

 

TRAJETÓRIA DO TÍTULO

5 x 1 Operário
0 x 2 Contenda
2 x 1 Xodó
3 x 0 Amanhece
3 x 2 Diamante
1 x 5 Novo Horizonte
1 x 0 Flamante
2 x 0 Mauá
2 x 1 Grêmio
3 x 1 Resgate
3 x 1 Flamengo
1 x 1 Grêmio
1 x 1 Amanhece
1 x 1 Novo Horizonte
4 x 2 Mauá
1 x 3 Contenda
5 x 1 Xodó
4 x 3 Flamante
1 x 2 Mauá
3 x 1 Mauá
1 x 0 Grêmio
2 x 3 Grêmio (5 a 4 nos pênaltis)

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: