Quarta-feira, 28 de Fevereiro de 2024 Fazer o Login

Superlotação nos ônibus universitários é o principal assunto de reunião na Auti

sex, 21 de fevereiro de 2014 00:50
Alunos se reúnem na sede da Auti para resolverem assuntos polêmicos

Alunos se reúnem na sede da Auti para resolverem assuntos polêmicos

GABRIELA GOMES – O ano de 2014 começou com algumas mudanças, entre elas, a melhora no transporte universitário. Uma nova empresa está oferecendo um serviço de qualidade diferenciada e segurança para os estudantes que necessitam frequentar as faculdades de Uberlândia.

Com essa nova fase, alguns problemas serão resolvidos com o decorrer do tempo. Mas, a Associação dos Universitários Usuários do Transporte Intermunicipal (Auti) insiste na participação dos alunos, para que uma grande melhora possa ocorrer.

Sendo assim, a reportagem do Jornal Gazeta do Triângulo acompanhou na tarde de ontem, 20 de fevereiro, uma reunião na sede da associação. Entre os 11 participantes, estavam cinco estudantes, três representantes da Auti e dois da atual empresa do transporte.

Foram discutidos diversos assuntos, como por exemplo, a superlotação de alguns veículos, aumento do número de pontos para desembarque dentro da cidade, problemas relacionados aos motoristas e o pagamento de boletos.

De acordo com um dos representantes da Auti, José Vitor de Resende Aguiar, são disponibilizadas vagas de acordo com o número de alunos que precisam em um determinado horário, mas, alterações na grade horária dos cursos  e um grande número de novos associados tem acarretado superlotação, estima-se que mais de 120 alunos novatos ingressaram na AUTI em 2014.

Em relação ao pagamento dos boletos, foi discutida uma maneira para que os alunos possam efetuar alguma transferência ou depósito em conta corrente da empresa nesse mês de fevereiro, para que não acumulem com os débitos seguintes.

“Estamos progredindo para um transporte melhor. Reclamações em redes sociais nos alertam, mas não é uma grande ideia para alcançarmos soluções. É lamentável sabermos que, de quase mil alunos credenciados na associação, no máximo dez realizam seu dever de comparecer aos encontros”, ressalta Warley Morais, também representante da Auti.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: