Quarta-feira, 28 de Fevereiro de 2024 Fazer o Login

Servidores da Educação devem receber o pagamento do adicional anual ainda este mês

qua, 6 de dezembro de 2023 08:04

Da Redação

Somente duas escolas não conseguiram alcançar a meta de cobertura vacinal
Divulgação

Em setembro, a Prefeitura de Araguari, através das secretarias de Educação e de Saúde começou uma ação para promover o aumento da cobertura vacinal das crianças. Segundo o prefeito, Renato Carvalho, essa ação aconteceu conforme a Lei 6.822 de 19 de setembro de 2023, que institui adicional anual aos servidores ocupantes dos cargos e empregos públicos lotados nas Unidades Escolares que contribuírem efetivamente na busca ativa e nas ações de atualização da caderneta nacional vacinal dos alunos da rede municipal de ensino.

Insta salientar que, são considerados como servidores ocupantes dos cargos e empregos públicos em exercício nas Unidades Escolares: docentes ocupantes de cargos ou empregos públicos efetivos ou contratados para atender as situações de necessidade temporária de excepcional interesse público; profissionais que oferecem suporte pedagógico direto ao exercício da docência (direção ou administração escolar; planejamento e inspeção; supervisão, orientação educacional e coordenação pedagógica; aqueles que exerçam as funções de cuidador escolar, cantineira, serviços gerais, auxiliar de serviços e vigias).

Conforme a lei, o adicional anual será pago na competência de dezembro de cada ano, desde que seja alcançada na escola de lotação do servidor, a meta de cobertura vacinal de 95% (noventa e cinco por cento) de vacinação de todos os alunos matriculados na respectiva unidade escolar.

Ontem, 4, a reportagem da Gazeta entrou em contato com o secretário de Administração, Levi Siqueira para saber mais detalhes sobre o pagamento desse incentivo. “ O incentivo anual dos servidores públicos será oferecido a todos os servidores das instituições de ensino que conseguiram alcançar 95% da cobertura vacinal dos alunos, o valor será de 50% do salário base”, disse.

Ainda, conforme Levi Siqueira, o Calendário Anual de Vacinação foi fechado no mês de novembro. Assim que isso aconteceu, uma comissão especializada verificou as cadernetas de todos os alunos e constatou que somente duas escolas não haviam alcançado a meta. “Os

servidores da Saúde digitalizaram todas as cadernetas, o que faz com que o município saiba como está a cobertura vacinal de cada aluno, estando à frente de várias cidades do país”, destacou.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: