Terça-feira, 18 de Junho de 2024 Fazer o Login

Sem adesão em Minas, Correios funcionam normalmente em Araguari

sex, 31 de janeiro de 2014 00:00

DA REDAÇÃO – Os Correios divulgaram na tarde de ontem uma nota informando que as agências de todo o país funcionaram normalmente. Apesar da paralisação de alguns empregados da empresa principalmente nos estados do Paraná, Rio Grande do Sul, Mato Grosso e Amazonas, devido a reivindicações ligadas ao plano de saúde da categoria, a adesão foi baixa em Minas Gerais. Apenas 2,7% do efetivo não compareceram ao trabalho, segundo informações dos Correios.

Mesmos nesses estados, ainda é baixo o número de funcionários que aderiram ao movimento para uma possível greve. Dos 35 sindicatos dos Correios, 20 não decretaram paralisação, entre eles os de São Paulo e Rio de Janeiro.

A movimentação é praticamente nula no Triângulo Mineiro, segundo informações da agência de Araguari.

Os trabalhadores decidiram entrar em greve após a criação do Postal Saúde, que é considerado pela categoria uma “terceirização” do plano de saúde. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores nos Correios do Paraná (Sintcom-PR) caso a nova forma de gerenciamento dos serviços médicos e odontológicos seja implantada pela empresa, os empregados terão de pagar por exames e consultas – o que não ocorre atualmente.

Os Correios afirmaram, em nota, que estão cumprindo o que foi definido pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) no ano passado a respeito do plano de saúde da empresa: todos os benefícios estão garantidos, incluindo dependentes cadastrados, porcentagem de compartilhamento, não cobrança de mensalidade ou tarifas, rede credenciada e cobertura de procedimentos, entre outros.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: