Segunda-feira, 17 de Junho de 2024 Fazer o Login

Santa Casa de Misericórdia realiza várias ações alusivas ao mês do aleitamento materno

sex, 28 de julho de 2023 08:03

Da Redação

O aleitamento materno é aconselhado até os dois anos ou mais

O mês de agosto é destinado à conscientização sobre o aleitamento materno; sabendo disso, a Santa Casa de Misericórdia promoverá diversas atividades para gestantes, puérperas e lactantes. A finalidade é mostrar a importância da amamentação para as crianças e para as mulheres.

A amamentação proporciona vários benefícios para a criança, como redução do risco de alergias, hipertensão, colesterol alto, obesidade, diabetes, diarreia, infecções respiratórias e mortalidade infantil.

Para a mulher, os benefícios da amamentação incluem: melhor recuperação no pós-parto; diminuição dos riscos de desenvolvimento de doenças; fortalecimento do vínculo com a criança. Além disso, ajuda a reduzir a hemorragia após o parto e previne o câncer de mama, de ovário e de útero.

Mesmo com todos esses benefícios, muitas mulheres deixam de amamentar da maneira correta por acreditarem em diversos mitos que foram difundidos com o passar do tempo, como: existe leite fraco; a criança precisa de outros alimentos antes dos seis meses de idade; leite congelado perde os nutrientes; entre outros.

No que diz respeito ao leite franco, o que realmente acontece é que o organismo da mulher e do bebê passam por mudanças e com o leite materno, não é diferente. Com o passar do tempo, ele muda e se adapta de acordo as necessidades da criança.

O Ministério da Saúde informa que não existe o chamado “leite fraco”. O tipo e a quantidade de leite materno produzido pelo corpo da mulher são ideais e adequados para cada fase de vida do bebê.

Ressalta-se que, a criança não precisa de outros alimentos antes dos seis meses de idade, o aleitamento materno é aconselhado até os dois anos ou mais.

Outro ponto que merece ser salientado é que o leite materno pode ser congelado por até 15 dias, sem perder suas características e qualidade nutricional, mas para isso precisa ser armazenado da forma correta.

Ontem, 27, a reportagem da Gazeta entrevistou a enfermeira Agnes Felix para saber mais detalhes sobre a campanha. “Agosto Dourado é o mês de incentivo e apoio à amamentação. O dourado significa o leite materno, capaz de salvar vidas! Em agosto, faremos um mês cheio de novidades para as mamães que amamentam, que já amamentaram, que apoiam a amamentação, doadoras de leite materno, além de acompanhantes e toda equipe de saúde que também faz parte desse apoio e incentivo”, disse.

Conforme a programação, as atividades acontecerão nos seguintes dias e horários: 1º, abertura do Agosto Dourado, com Dr. Maurício Braz, na Associação Médica, às 15h. No dia 4, Roda de Conversa e Momento de Relaxamento, com a psicóloga Ana Luiza, na Associação Médica, às 15h. No dia 11, encontro para gestante – Roda de Conversa sobre Amamentação e Retorno ao Trabalho, com Dr. Maurício e internas do Projeto Obstetrícia UNICERRADO, na Associação Médica, às 18h. No dia 26, caminhada em prol ao incentivo e apoio a amamentação, no bosque John Kennedy, às 9h.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: