Sexta-feira, 17 de Maio de 2024 Fazer o Login

Saiba como usar o caixa eletrônico em segurança

sex, 6 de dezembro de 2013 19:55
Roubos e golpes, como a popular “saidinha de banco”, aumentam nesta época do ano. Foto: Divulgação

Roubos e golpes, como a popular “saidinha de banco”, aumentam nesta época do ano. Foto: Divulgação

TALITA GONÇALVES – Final de ano, época de festas e de receber o esperado décimo terceiro salário, que alivia o orçamento e garante os presentes de Natal da família. Basta ir ao banco e sacar o dinheiro para dar início às compras. A movimentação de pessoas com o bolso cheio também desperta a atenção de criminosos, por isso, todo cuidado é pouco.

Há quem prefira ir até o caixa eletrônico durante a noite, evitando a agitação das agências durante o dia. No caso da vendedora Mirian Batista, a falta de tempo atrapalha. “Sei que à noite é mais perigoso, mas durante meu horário de trabalho a correria dificulta,” completou.

Para não ser vítima de roubos e golpes, alguns cuidados são cruciais. Realizar saques durante o horário comercial é a principal recomendação do gerente da Caixa Econômica Federal, Horácio Vilarinho Junior, que serve principalmente para idosos. “Enquanto a agência está aberta, temos auxiliares para tirar dúvidas, ensiná-los, temos guardas. Fora do horário, algum familiar deve acompanhar a pessoa,” ressaltou.

Rasgar o extrato na hora de jogá-lo fora também é importante. No caso de clientes da Caixa, transações monetárias em lotéricas pode ser uma boa opção. Além da facilidade, ir à lotérica mais próxima chama menos atenção.

Nenhuma instituição financeira escala funcionários para efetuar trocas de cartão pessoalmente, destacou Horácio. Toda correspondência envolvendo o cartão é entregue pelos Correios de forma oficial. “Alguns bandidos se aproveitam das pessoas, inventam um crachá, um jaleco da cor do banco e pegam informações,” contou.

FUGINDO DE GOLPES

Comandante do 53º BPM, o tenente coronel Volney Halan Marques alerta sobre os delitos mais comuns nesse tipo de situação e cuidados que a população precisa ter para evitar riscos.

A “saidinha de banco” – roubo cometido depois que o cliente sacou o dinheiro ou quando ele está a caminho do banco para realizar depósito em espécie – costuma envolver mais de um criminoso.  Os chamados olheiros ficam rondando os bancos para identificar vítimas em potencial, idosos de preferência.

Quanto ao golpe do “bilhete premiado” (estelionato), quando praticado pessoalmente, envolve pessoas bem vestidas e de boa aparência, que convencem a vítima a pagar determinada quantia para receber um suposto prêmio de maior valor. No golpe do “falso sequestro” (extorsão), como nos outros dois casos citados, as vítimas geralmente estavam sendo observadas.

COMO EVITAR?  Não realize saques de valores altos; prefira usar cartão ou cheques; não conte dinheiro em público; seja discreto ao conferir o dinheiro; procure ir ao banco sempre acompanhado; tente não percorrer os mesmos trajetos e ir à agência nos mesmos horários; observe se não está sendo seguido; esteja atento para as pessoas que estão na agência;  caso perceba que alguém está agindo de forma suspeita, saia imediatamente do banco, procure um local movimentado e acione a Polícia Militar através do 190.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: