Terça-feira, 16 de Abril de 2024 Fazer o Login

Radar – Relembrando

qui, 16 de janeiro de 2014 00:01

Abertura Radar
charge 1601
RELEMBRANDO
Recentemente comentei sobre a ida do ex-prefeito Wanderley Inácio “Mãe Preta” para o PRTB. Nas duas ocasiões em que me referi a esse assunto, lembrei que o partido tinha ligação com o grupo político do vice-prefeito Werley Macedo (PDT) e que em 2012, a agremiação pretendia lançar a candidatura a prefeito do advogado Neirton Paulino, fato que acabou sendo recuado pelo partido.

VAI REPERCUTIR
Ontem recebi a visita do presidente do PRTB local, Airton Oliveira Souza “Aladim”, que pediu para que ficasse registrado o seguinte: “o partido não lançou candidatura a prefeito em 2012 por ter sido convencido por um ex-prefeito e o atual vice-prefeito Werley Macedo (PDT), que era preciso união de todos a fim de evitar a reeleição de Marcos Coelho (PMDB)”, o que acabou acontecendo. No entanto, Airton Souza garante que pelo fato de Werley Macedo não ter honrado os compromissos com o partido, o projeto agora é outro, e com total domínio do PRTB apresentando inclusive, documentações com a formação do diretório local.

AUTODEFESA
Líder do PSL – Partido Social Liberal, em Araguari, o ex- vice-prefeito Juberson Melo fez contato com o Radar para se posicionar sobre o caso do pedido de cassação dos mandatos dos vereadores Leonardo Rodrigues Neto “Leo Mulata” e Lúcio Flávio Rodrigues da Cunha “Queijeira”. Na edição anterior, comentei que a petição contra os vereadores por terem mudado de partido sem razão, partiu do PSL, o que foi negado antes pela direção local do partido.

MAIS ALÉM
jubao
Juberson Melo disse ainda que a decisão contra os vereadores foi da direção estadual do partido, sem o seu conhecimento. Segundo ele, o PSL esperava a sua candidatura a deputado neste ano. Como ele negou o pedido do partido, o relacionamento ficou abalado. Juberson Melo voltou a afirmar que o PSL local não teve participação nesta ação.

CONCILIADOR
Entendo ser normal o posicionamento do vice-prefeito Werley Macedo ao manifestar que, se dependesse dele, não exoneraria o engenheiro José Radi Neto da secretaria de Obras. Atitude idêntica foi tomada por ele em relação a outros nomes que deixaram o governo e confirmaram terem recebido apoio de Macedo.

VETADO
Após conversas e um quase acerto para ocupar na condição de suplente o cargo de vereador em uma composição entre o prefeito Raul Belém (PP) e o vereador Leonardo Rodrigues Neto, o empresário e presidente do PT, Carlos Antônio, confirmou ontem que em votação com a militância do partido, a proposta foi reprovada.

ALÍVIO
Por outro lado, parte do governo Raul Belém, comemorou a não ida do PT para a base de apoio do governo, mesmo que o Executivo entenda ser um apoio positivo.

EMAIL
Caro colega, como lhe disse anteriormente acho estranho o pronunciamento feito ao jornal quanto à cobrança de multas por parte SAE para quem lavar calçadas e carros. Se estivermos em crise de abastecimento tudo bem. Mas, tem sempre um porém e os postos de gasolina e lava jatos que usam a agua da mesma fonte? Se o problema for economia urgente independente de que tenham bombas d’agua ou não, todos estão no mesmo balaio. Em época de piracema até os profissionais são proibidos de pescar. A água que passou pelo medidor sendo paga, passa a ser de propriedade do usuário. Afinal este é só um questionamento; que fale quem estiver com a razão.
======================

“O PRTB participou de um projeto, mas agora estamos fora dele, pois não houve compromisso por parte do vice-prefeito, e a partir de agora, somos independentes e estamos organizando um novo projeto político uma vez que o partido não está ligado a outros grupos!”
Airton de Souza presidente do PRTB local.

“Podem ter certeza, não existe nenhum documento ou pedido do PSL local contra os vereadores Leonardo Rodrigues Neto e Lucio Flávio Rodrigues da Cunha. A saída deles do PSL foi amigável, e em comum acordo. A ação foi da direção estadual, pois esperavam que eu fosse candidato a deputado pelo partido!”
Juberson Melo.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: