Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2024 Fazer o Login

Radar – Ajustes

sex, 4 de abril de 2014 00:01

Abertura Radar

charge 04032014
AJUSTES
Vereadores estiveram reunidos com o prefeito Raul Belém (PP) em seu gabinete no final da tarde desta quarta-feira, 2. A priori, teriam sido apresentadas ao chefe do Executivo algumas reclamações em relação ao governo, principalmente sobre morosidade em alguns setores.

DESENCONTROS
Após confessar nesta quarta-feira que não tinha conhecimento da existência da Associação do Direito e da Cidadania – ADICA, o prefeito Raul Belém  deixou claro que não havia recebido uma visita da associação, que foi criada através da união de pessoas em rede social,  com o objetivo de cobrar ações tanto do Executivo como do Legislativo.

NA RISCA
O secretário de Serviços Urbanos, Humberto Merola Junior, disse ontem à coluna que vai conferir in loco os serviços realizados pelas empresas responsáveis pela limpeza e capina da cidade. Ainda segundo ele, os pagamentos somente serão liberados mediante conferência de notas e comprovação da prestação do serviço.

BATENDO O PONTO
Como estava previsto, o vice-governador Alberto Pinto Coelho (PP) será hoje empossado no cargo de governador de Minas Gerais, com o afastamento do titular Antônio Anastasia (PSDB). Quem vai acompanhar a cerimônia em Belo Horizonte, é o prefeito Raul Belém  que se encontra na capital mineira. Aliás, o dia hoje promete ser agitado por lá.

NEM LÁ NEM CÁ
Depois de participar ativamente da campanha do prefeito e ser importante principalmente no distrito de Amanhece, o médico Luciano Mazão disse que não é situação e nem oposição ao governo.

RAIO –X
JOAO BITTARO deputado federal por Uberlândia João Bittar (DEM) conseguiu nada mais nada menos do que 665 votos em Araguari na eleição de 2010, e segundo informações, não teria ficado satisfeito com o resultado nas urnas aqui. Discordo, mesmo por que não tenho conhecimento de algum trabalho seu em prol da cidade durante o mandato, mesmo sendo um deputado que reside no Triângulo Mineiro.

SERÁ?
A previsão é de que na próxima terça-feira, 8, poderemos ter duas desistências de pretensos candidatos à deputado.

CARTA NA MANGA
A secretaria de Estado de Educação quer agilizar a aposentadoria de cerca de 20 mil servidores efetivados pela Lei Complementar 100/07, mas não tem pressa em demitir aqueles que deverão sair dos quadros do estado por causa da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). “Nossa orientação é para as pessoas permanecerem em seus locais de trabalho e aguardarem a publicação do acórdão”, disse a secretária Ana Lúcia Gazzola. Com a publicação na terça-feira da ata do julgamento da ação direta de inconstitucionalidade (Adin) que considerou ilegal a legislação mineira, foi encerrado o prazo para os designados completarem os requisitos para se aposentarem pelo estado. Aos demais, a secretária Ana Lúcia Gazzola garantiu ontem que, por mecanismos de compensação previdenciária, será validado o tempo de trabalho na rede estadual para calcular a aposentadoria.

================

ENTRE ASPAS

“Assumi a prefeitura em 1966, e posso dizer que os municípios receberam um grande presente do então presidente Castelo Branco, que modificou a distribuição dos impostos retirando do estado, e passando aos municípios que, na ocasião, viviam apenas de recursos provenientes do IPTU e ISS, que pouco representavam. O então primeiro presidente Castelo Branco, no regime militar, foi na verdade um pai para os municípios. Houve prisões e cassações, mas no meu ponto de vista, posso dizer que este período foi tranquilo em relação à outras cidades”.
Do ex-prefeito Fausto Fernandes de Melo.

“A revolução foi um horror, assumi pela primeira vez a prefeitura em 1970, e o presidente era Emílio Garrastazu Médici (30/10/1969 a 15/3/1974), considerado o regime “Anos de Chumbo” com repressão política, exílios, tortura, prisões, desaparecimento de pessoas, combate aos movimentos sociais e censura, e tive aqui em Araguari, sérios problemas com o coronel Raimundo Saraiva Martins, que mostrava visivelmente sua vontade de cassar meu mandato. Tive que responder em Belo Horizonte até por ser acusado por ele de fazer do bosque municipal meu criadouro de passarinhos. Graças a Deus, implantei a diversificação agrícola no município e hoje tenho orgulho de saber que vários paranaenses que hoje estão aqui, foram motivados por mim, e graças a esse trabalho acabei me elegendo deputado federal”.
Do ex-prefeito Milton Lima Filho.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: