Quarta-feira, 19 de Junho de 2024 Fazer o Login

Quantidade de lixos nas cachoeiras aumenta com as altas temperaturas

qui, 26 de outubro de 2023 08:07

Da Redação

Muitas pessoas não recolhem os lixos que são produzidos durante o momento da diversão
Divulgação

O uso consciente e sustentável da natureza, respeitando a renovação dos recursos, pode definir o que é a conservação ambiental. Esse conceito envolve práticas de utilização do solo e da água que asseguram o equilíbrio entre a atividade humana e o respeito ao meio ambiente.

Em Araguari, com as altas temperaturas, várias pessoas procuram os rios e as cachoeiras da região para se banhar; porém muitos desses banhistas não recolhem os lixos que são produzidos durante o momento da diversão, atitude que aumenta também a quantidade de resíduos deixados nesses rios e cachoeiras, dificultando a preservação do meio ambiente.

Pensando nisso, Sinval Assunção e Luiz Felipe Rodrigues Assunção criaram o grupo Guardiões das Cachoeiras, que realiza um trabalho de limpeza, com o intuito de guardar as cachoeiras da região e conscientizar as pessoas que fazem uso do ambiente. “Hoje estamos com 15 voluntários atuando diretamente e indiretamente no projeto”, disse o grupo.

Dentre os materiais encontrados nos rios e cachoeiras, estão: sacolas plásticas, fraldas descartáveis e preservativos. “As cachoeiras mais prejudicadas serão sempre as de mais fácil acesso, ou seja, Cachoeira do Desamparo e Cachoeira dos Ipês. ”, destacaram os Guardiões das Cachoeiras.

Ainda, segundo o grupo, a quantidade de lixo é muito grande, o que dificulta o trabalho deles. Além disso, o veículo utilizado por eles está estragado. “Estamos fazendo uma vaquinha para conseguir ajuda para arrumar o veículo e assim continuar o trabalho voluntário”, esclareceu o grupo.

Ressalta-se que, os Guardiões das Cachoeiras estão fazendo uma vaquinha para arrecadar o dinheiro para o conserto do veículo. Para ajudar basta enviar qualquer valor, via PIX para a chave: 34991409972.

Ontem, 25, a reportagem da Gazeta conversou com o secretário de Meio Ambiente, Guilherme Santana para saber o que o município pode fazer para ajudar na limpeza dessas cachoeiras. Segundo o secretário, grande parte das cachoeiras é de propriedade particular, desse modo não é possível que a prefeitura faça o trabalho de limpeza, esse serviço, então, é da responsabilidade dos proprietários. “O que a secretaria pode fazer é um trabalho de conscientização com os frequentadores das cachoeiras”, explicou.

1 Comentário

  1. ELIANE disse:

    FOI VERGONHOSO VER OS JAPONESES RECOLHENDO O LIXO DOS BRASILEIROS ONDE FORAM OS JOGOS AQUI NO BRASIL. POVO DE TERCEIRO É ASSIM MESMO. BRASILEIRO JÁ FOI ASSEADO TALVEZ SEJA PORQUE NÃO TINHA O USO DO PLÁSTICO, AS COISAS ERAM RETORNÁVEIS E O POVO NÃO ERA CONSUMISTA DEVIDO A QUESTÕES FINANCEIRAS, ERAM TEMPOS DIFÍCEIS NO PASSADO, NÃO SE PRODUZIA TANTO COMO HOJE. SÃO OS SUGISMUNDOS QUE GOSTAM DE JOGAR LIXO NO CHÃO, SERÁ QUE ELES JOGAM NA CASA DELES TAMBÉM.

Deixe seu comentário: