Quarta-feira, 28 de Fevereiro de 2024 Fazer o Login

Propriedade na zona rural é alvo de assalto à mão armada

qua, 16 de julho de 2014 10:37
Criminosos fazem reféns e levam diversos objetos do imóvel

DA REDAÇÃO – Um clima de terror povoou pelas imediações de um sítio na zona rural do município. O motivo foi mais um ataque de bandidos, protagonizado na noite desta segunda-feira, 14.

Por volta das 18h30, os criminosos chegaram à propriedade e em posse de armas de fogo, anunciaram o assalto. Em seguida, levaram o caseiro e sua esposa para dentro de um banheiro, onde amarraram as vítimas enquanto davam sequência à ação.

Sob ameaças de morte, o casal entregou a chave do interior da sede e relatou o código de alarme. Diante das informações, os autores entraram no imóvel e furtaram diversos materiais, ao passo que outros comparsas davam cobertura na entrada da propriedade.

Ao todo, foram levados dois televisores 47 polegadas, receptores das parabólicas, uma canoa de sete lugares e um motor, além de R$ 500,00 em dinheiro. Após concluir a ação, o grupo fugiu sem deixar pistas. Apesar de rastreamentos, ninguém foi encontrado até o fechamento desta edição.

Momentos depois, outro ataque era consolidado com sucesso pelos bandidos. Desta vez, em plena região central.

Após deixar o automóvel na rua Avaré, um homem de 37 anos se deslocou até uma igreja evangélica a fim de acompanhar uma celebração. Duas horas depois, o motorista retornou ao local, onde o veículo havia sido levado por autores não identificados.

Situação semelhante viveu um morador do bairro São Sebastião. Quando estacionou seu carro na porta de uma residência, situada na rua dos Ipês, ele não esperava que momentos depois o veículo seria alvo de bandidos. O homem de 38 anos chegou a ouvir o ruído do motor, mas não teve tempo de impedir a ação.

AMNÉSIA ALCOÓLICA

Ainda nesta segunda-feira, policiais testemunharam uma situação inusitada no bairro São Sebastião. Conforme denúncias de moradores, eles se deslocaram até a rua dos Buritis, onde uma motocicleta teria sido abandonada.

Sem apresentar indícios de crime, o veículo semi novo foi conduzido até um pátio credenciado. Intrigados com a situação, os militares se deslocaram até o endereço indicado do proprietário. Em contato com a equipe, o homem de 39 anos alegou ter ultrapassado o limite de bebida alcoólica no dia anterior, sem recordar onde havia deixado a motocicleta.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: