Terça-feira, 23 de Julho de 2024 Fazer o Login

Profissionais cogitam início de greve estadual da educação

sex, 7 de fevereiro de 2014 00:29

Campanha Salarial 2014 está na pauta a ser discutida em assembleia

DA REDAÇÃO – Servidores e profissionais da Educação estão se preparando visando participar da Plenária Estadual “Quem Luta Educa”. O evento acontece no dia 24, a partir das 17h30. A assembleia será realizada na sede do Sindicato dos Bancários.

Na pauta de reivindicações, os trabalhadores discutem a Campanha Salarial 2014. O debate organizado pelo Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE) contará com a presença da coordenadora-geral da entidade Beatriz Cerqueira.

Após esta assembleia, os trabalhadores se reúnem no dia 26, quando serão apresentados os resultados dos encontros regionais ocorridos nas últimas semanas. O coordenador do Sind-UTE subsede Araguari, José Luís da Costa, confirmou sua presença e representará o município nas questões levantadas durante o debate.

“A CNTE apresentou um pedido de Greve Nacional dos professores do Estado, prevista para acontecer nos dias 17, 18 e 19 de março. Apesar das dificuldades que foram enfrentadas no último ano, estaremos nos unindo à causa para exigir o cumprimento da lei do piso, carreira e jornada,” falou.

Na pauta, os trabalhadores pretendem pedir ainda o investimento dos royalties de petróleo na valorização da categoria, votação imediata do Plano Nacional de Educação, destinação de 10% do PIB para a educação pública e contra a proposta dos governadores e o INPC.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: